EUA predem 41 suspeitos de ataques contra soldados da coalizão

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 29 de novembro de 2003 as 15:47, por: CdB

Os Estados Unidos anunciaram em Bagdá ter prendido 41 pessoas suspeitas de envolvimento em ataques contra seus soldados no Iraque.

A maioria das prisões foi feita em Ramadi, uma cidade que fica a oeste da capital iraquiana.
Um dos presos é suspeito de ajudar militantes de outros países a entrar no Iraque.

Militares americanos acreditam que a maior parte dos ataques contra as forças de ocupação está sendo promovida por militantes que vieram de fora do Iraque.

Em alta

Apenas em novembro, pelo menos setenta e cinco soldados americanos foram mortos em ataques no território iraquiano, de acordo com as estimativas mais recentes.

Isso faz de novembro o mês em que mais militares americanos morreram no país desde março.

Ao todo, desde que os Estados Unidos e seus aliados invadiram o Iraque, 475 soldados americanos e 75 de outros membros da sua coalizão foram mortos no país.

O aumento da freqüëncia dos ataques nos últimos meses tem valido críticas à forma como o governo de George W. Bush vem administrando a ocupação iraquiana.