EUA registram 10 mil mortes por coronavírus em 11 dias

Arquivado em: América do Norte, América Latina, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 29 de julho de 2020 as 14:13, por: CdB

As mortes em decorrência do novo coronavírus nos Estados Unidos ultrapassaram 150 mil nesta quarta-feira, o nível mais alto do mundo, aumentando em 10 mil ao longo de 11 dias.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

As mortes em decorrência do novo coronavírus nos Estados Unidos ultrapassaram 150 mil nesta quarta-feira, o nível mais alto do mundo, aumentando em 10 mil ao longo de 11 dias, de acordo com uma contagem da agência inglesa de notícias Reuters.

Médico faz reanimação cardiorrespiratória em paciente infectado com o novo coronavírus no Memorial Medical Center, em Houston, Texas
Médico faz reanimação cardiorrespiratória em paciente infectado com o novo coronavírus no Memorial Medical Center, em Houston, Texas

Esse foi o aumento mais rápido desde que o país passou de 100 mil para 110 mil casos em 11 dias no início de junho, segundo a contagem.

Nacionalmente, as mortes por covid-19 cresceram por três semanas seguidas, enquanto o número de novos casos semanais caiu recentemente pela primeira vez desde junho.

Um crescimento em infecções no Arizona, Califórnia, Flórida e Texas neste mês lotou hospitais. O aumento obrigou os Estados a repensarem a reabertura da economia, que foi impactada por quarentenas em março e abril para coibir a propagação do vírus.

Texas

O Texas é o Estado com maior número de mortes do país neste mês, cerca de 4 mil mortes até agora, seguido pela Flórida, com 2.900, e Califórnia, o Estado mais populoso, com 2,5 mil. O índice do Texas inclui um acúmulo de centenas de mortes depois que o Estado mudou a forma como contabilizava os óbitos por covid-19.

Embora as mortes tenham aumentado rapidamente em julho nesses três Estados, Nova York e Nova Jersey ainda lideram o país no total de vidas perdidas e de mortes per capita, de acordo com uma contagem da Reuters.

Dos 20 países mais atingidos pelo vírus, os EUA ocupam o sexto lugar em mortes per capita, com 4,5 mortes a cada 10 mil pessoas, sendo superado por Reino Unido, Espanha, Itália, Peru e Chile.