EUA retaliam Isis-K e explodem carro-bomba nos arredores de Cabul

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Oriente Médio, Últimas Notícias
Publicado domingo, 29 de agosto de 2021 as 17:27, por: CdB

Ainda na tarde deste domingo, em Cabul, uma explosão foi ouvida por testemunhas, segundo agências de notícias internacionais. Imagens de uma emissora de TV afegã mostravam fumaça escura saindo de uma zona residencial a noroeste do aeroporto.

Por Redação, com agências internacionais – de Kabul

Oficiais dos Estados Unidos confirmaram, neste domingo, que o país foi o responsável por um novo ataque aéreo com drone em Cabul, capital do Afeganistão, contra militantes do braço afegão do Estado Islâmico. Segundo informou o Pentágono, o ataque “defensivo” teve como objetivo “eliminar uma ameaça iminente” do grupo contra o aeroporto da cidade.

Isis-k
Os integrantes do Isis-K são inimigos do Talebã e ainda mais dos EUA

De acordo com agências inglesa de notícias Reuters, a explosão atingiu um carro que levava homens-bomba até o aeroporto internacional.

— Temos certeza de que atingimos o alvo — disse Bill Urban, porta-voz do Comando Central, acrescentando que não há relatos de vítimas civis até o momento. Também segundo o porta-voz, “explosões secundárias significativas” foram ouvidas após o ataque, o que indicaria a presença de uma quantidade substancial de explosivos no veículo.

Atentado

Ainda na tarde deste domingo, em Cabul, uma explosão foi ouvida por testemunhas, segundo agências de notícias internacionais. Imagens de uma emissora de TV afegã mostravam fumaça escura saindo de uma zona residencial a noroeste do aeroporto. Ainda não se sabe se as explosões estão relacionadas.

A explosão havia aumentado o temor por um novo ataque a civis na cidade, a exemplo do que ocorreu na última quinta-feira. O atentado terrorista deixou 13 militares norte-americanos e mais de 170 civis afegãos mortos. Neste domingo, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, desembarcou na base aérea de Dover, em Delaware, para homenagear os mortos no ataque.

O Estado Islâmico-Khorasan (Isis-K) reivindicou a autoria do atentado de quinta-feira. Na manhã deste sábado (no horário local), os EUA retaliaram contra o grupo. O ataque deixou dois mortos e um ferido.

Triagem

O canal norte-americano de TV CNN noticiou, nesta tarde, que o governo norte-americano está em “alerta máximo” para a tentativa de novos ataques. A publicação cita uma reunião entre os líderes da agência de segurança dos EUA e os chefes da Justiça federal dos EUA.

Em particular, três ameaças principais foram rastreadas, incluindo a infiltração de células do Isis-K ou da Al-Qaeda no processo de evacuação de refugiados afegãos para os EUA.

— Uma triagem aprofundada de quem entra está em andamento — concluiu o chefe da inteligência, John Cohen, segundo a agência italiana de notícias Ansa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code