EUA vão criar tribunal para julgar líderes de Saddam

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 8 de maio de 2003 as 10:53, por: CdB

O conselheiro americano para o Ministério da Justiça do Iraque anunciou que um tribunal especial deve ser criado no país para julgar as figuras mais importantes do regime de Sadam Hussein.

Clint Williamson disse ainda que há um grande “consenso” de que crimes cometidos por ex-oficiais devem ser levados à Justiça.

De acordo com o conselheiro, ainda não foram decididos outros detalhes sobre esse tribunal.

Os Estados Unidos fizeram um baralho com a foto dos mais procurados do regime e seguem capturando ex-integrantes do governo deposto.

Primeiro tribunal

19 dos 55 mais procurados se entregaram ou foram detidos pelas forças lideradas pelos Estados Unidos no Iraque.

Williamson fez um discurso no primeiro tribunal que voltou a funcionar em Bagdá depois da chegada americana.

A primeira audiência realizada foi a de 13 prisioneiros acusados de vários crimes pelos oficiais americanos, inclusive homicídio.

No sábado, um grande número de policiais retornou às ruas de Bagdá, mas a cidade ainda não voltou à normalidade.

Os Estados Unidos também têm libertado, em média, 150 prisioneiros de guerra por dia, tendo ainda aproximadamente 2 mil encarcerados.