Europeus estão prontos a retaliar, caso os EUA elevem tarifas

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 3 de dezembro de 2019 as 15:27, por: CdB

A ameaça de tarifas punitivas veio depois que uma investigação do governo dos EUA revelou que os novos impostos de serviços digitais da França prejudicarão empresas de tecnologia norte-americanas e intensificarão a disputa comercial entre a Europa e Washington.

 

Por Redação, com Reuters – de Londres

 

A França e a União Europeia estão prontas para retaliar se o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cumprir a ameaça de impor tarifas de até 100% sobre US$ 2,4 bilhões em importações de champanhe, bolsas de mão e outros produtos franceses, disse o governo francês nesta terça-feira.

Presidente dos EUA, Donald Trump, teria desviado recursos da fundação para campanha eleitoral em 2016
Presidente dos EUA, Donald Trump ameaça a França com pesado pacote tarifário sobre importação de produtos industrializados

A ameaça de tarifas punitivas veio depois que uma investigação do governo dos EUA revelou que os novos impostos de serviços digitais da França prejudicarão empresas de tecnologia norte-americanas e intensificarão a disputa comercial entre a Europa e Washington.

Falando em Londres, na manhã desta terça-feira, antes de uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Trump disse que não permitirá que a França se aproveite de empresas dos EUA e que a UE trata seu país muito injustamente no comércio.

Na mira

O ministro das Finanças da França, Bruno Le Mair, por sua vez, qualificou a ameaça norte-americana como inaceitável e disse que o imposto francês não discrimina companhias dos EUA.

— Em caso de novas sanções norte-americanas, a União Europeia estará pronta para retaliar — ameaçou Le Maire, em entrevista à emissora francesa Radio Classique.

Mais tarde, em uma coletiva de imprensa, ele amenizou:

— Não estamos mirando nenhum país.

Otan

A taxa francesa de 3% se aplica à renda de serviços digitais de empresas com mais de 25 milhões de euros de receita na França e 750 milhões de euros no mundo.

Uma investigação do escritório do Representante Comercial dos EUA descobriu que o imposto francês “não condiz com os princípios de política tributária internacional prevalecentes”. O relatório apontou que o imposto é “anormalmente custoso” para as empresas norte-americanas, como Google, Facebook Inc, Apple Inc e Amazon.com Inc.

Trump acrescentou que “as coisas podem ficar bastante difíceis com a União Europeia a menos que o bloco melhore o comércio e a Otan”.

— A União Europeia (está) ameaçando os Estados Unidos de forma muito, muito injusta no comércio. O déficit por muitos, muitos anos tem sido astronômico, com os Estados Unidos e a Europa a favor deles. Estou mudando isso e estou mudando muito rápido — concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *