Ex-goleiro da seleção da Inglaterra Gordon Banks morre aos 81 anos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 as 11:19, por: CdB

Banks fez 73 partidas pela seleção entre 1963 e 1972, além de quase 200 jogos pelo Stoke antes de sua carreira chegar ao fim por causa de um acidente de carro que lhe custou a visão de um dos olhos.

Por Redação, com Reuters e EFE – de Londres

Gordon Banks, goleiro da seleção da Inglaterra que conquistou o título mundial de 1966, morreu aos 81 anos, informou seu ex-clube, o Stoke City, nesta terça-feira.

Gordon Banks durante sorteio dos grupos da Copa do Mundo da Rússia em Moscou

Banks fez 73 partidas pela seleção entre 1963 e 1972, além de quase 200 jogos pelo Stoke antes de sua carreira chegar ao fim por causa de um acidente de carro que lhe custou a visão de um dos olhos.

Ele é considerado um dos melhores goleiros da história e talvez seja mais lembrado pela defesa que fez para impedir que Pelé marcasse contra os ingleses durante a Copa do Mundo de 1970, que mais tarde acabou conhecida como “a defesa do século”.

– É com grande pesar que anunciamos que Gordon faleceu pacificamente durante a noite – disse a família de Banks em comunicado divulgado pelo site oficial do Stoke na Internet.

– Estamos devastados por perdê-lo, mas temos tantas memórias felizes e não podíamos ter mais orgulho dele.

Banks começou sua carreira no Chesterfield em 1958 e se transferiu para o Leicester City no ano seguinte. Ele fez sua primeira partida pela seleção inglesa em 1963, quatro anos antes de se juntar ao Stoke.

Infantino enaltece Gordon Banks como “um cavalheiro fora dos gramados”

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, prestou homenagem ao ex-goleiro inglês Gordon Banks, que morreu nesta terça-feira, aos 81 anos, um ícone que será lembrado pelas atuações em campo e “por ser um campeão e um cavalheiro fora dele”, segundo o dirigente suíço.

Infantino, que recebeu a notícia do falecimento com “grande tristeza”, lembrou que Banks é “um dos melhores goleiros da história do futebol”.

– Como membro da seleção inglesa campeã da Copa do Mundo de 1966, Gordon sempre será recordado como uma lenda e um ícone do futebol. Em nome da Fifa e de toda a comunidade do futebol, quero expressar as minhas mais sinceras condolências aos amigos e parentes de Gordon – comentou.

Banks foi um dos integrantes da seleção inglesa que venceu a Copa do Mundo de 1966, disputada na Inglaterra, o único grande troféu internacional conquistado pelos inventores do futebol.

Um de seus momentos mais conhecidos é a defesa do cabeceio de Pelé durante a Copa de 1970, considerada por muitos a maior defesa da história do futebol.

O goleiro participou de 73 jogos com a seleção da Inglaterra e ao longo da carreira defendeu as cores de Chesterfield, Leicester e Stoke City.

Em 1972, Banks sofreu um acidente de trânsito que o fez perder a visão no olho direito e, com isso, encerrou a carreira como jogador profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *