Exército britânico usa método insólito para proteger militares da infecção

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 14 de maio de 2020 as 10:29, por: CdB

A autoridade britânica salientou que se decidiu usar estes métodos depois que o chefe dos serviços médicos do Exército, Peter Homa, confirmou que seu uso “não fará nenhum dado”. Contudo, o médico especificou que a substância deve ser usada com precaução e como uma medida adicional.

Por Redação, com Sputnik – de Londres

Segundo o secretário da Defesa britânico, Ben Wallace, os aerossóis com citriodiol podem ser eficientes para proteger do novo coronavírus.

Exército britânico usa método insólito para proteger militares da infecção por coronavírus
Exército britânico usa método insólito para proteger militares da infecção por coronavírus

O Ministério da Defesa britânico está entregando um repelente de mosquitos como “camada adicional de proteção” para os soldados que se encontram na linha de frente contra a covid-19, relata o tabloide britânico Daily Mail.

Informa-se que o citriodiol, que contém aerossóis contra insetos, demonstrou que pode matar outros coronavírus, incluindo o SARS, ao destruir a camada que o rodeia.

– As soluções mais fracas de aerossol com citriodiol formam uma barreira na pele e se descobriu que proporcionam uma barreira contra variantes do vírus SARS semelhantes ao que está causando a pandemia atual – disse o secretário de Defesa.

A autoridade britânica

A autoridade britânica salientou que se decidiu usar estes métodos depois que o chefe dos serviços médicos do Exército, Peter Homa, confirmou que seu uso “não fará nenhum dado”. Contudo, o médico especificou que a substância deve ser usada com precaução e como uma medida adicional.

De qualquer forma, ainda se desconhece precisamente se o citriodiol serve para proteger do novo coronavírus. Neste momento, o Ministério da Defesa do Reino Unido está pesquisando sua eficácia e ainda se requerem mais estudos para uma conclusão definitiva.