Exército da Síria e milícias curdas acordam entrega de Tel Rifaat a Damasco

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 as 14:55, por: CdB

O exército sírio, apoiado pela Força Aeroespacial da Rússia e seus aliados, libertou a cidade de Aleppo em 21 de dezembro de 2016. A fase final de libertação dos bairros orientais começou nos finais de julho

Por Redação, com Sputnik – de Beirute:

As forças de autodefesa curdas conhecidas como Unidades de Proteção Popular (YPG) e as Forças Armadas da Síria acordaram passar o controle da cidade de Tel Rifaat, no norte do país, para o exército sírio. As respectivas tropas vão entrar na cidade nas próximas horas, disse à Sputnik uma fonte dos serviços de segurança do país.

Exército sírio e milícias curdas acordam entrega de Tel Rifaat a Damasco

Mais cedo, as forças curdas já entregaram a Damasco regiões antigamente controladas pelas YPG. Espera-se que em um futuro breve os curdos também entreguem ao exército do país árabe a região de Sheikh Maqsood e Ashrafia; na província de Aleppo.

– Foi alcançado um acordo que pressupõe a entrega da cidade de Tel Rifaat; na província de Aleppo, ao exército sírio, a efetuar pelos destacamentos das YPG. O exército sírio entrará na cidade daqui a algumas horas –  comunicou a fonte.

Em 9 de fevereiro, o comando do exército sírio anunciou a limpeza total das províncias de Aleppo e Hama da presença terrorista.

O exército sírio, apoiado pela Força Aeroespacial da Rússia e seus aliados; libertou a cidade de Aleppo em 21 de dezembro de 2016. A fase final de libertação dos bairros orientais começou nos finais de julho. Até novembro; os terroristas ficaram completamente cercados com dezenas de milhares de civis como reféns.

Através de negociações, com a Rússia, a Turquia e o Irã como mediadores; foi possível acordar a saída dos terroristas e membros de suas famílias para a província de Idlib.

EUA

Os helicópteros norte-americanos tiraram terroristas do Daesh de uma prisão na cidade síria de Al-Hasakah; informou uma fonte local à Sputnik.

– Habitantes locais viram do telhado helicópteros estadunidenses aterrissando no território de uma prisão local, controlada pelos curdos, para tirar de lá terroristas do Daesh – afirmou a fonte, que preferiu não ser identificada; em Al-Hasakah à Sputnik Árabe.

Além disso, há informações que os militares norte-americanos estariam trazendo para a prisão várias munições, porque planejam criar no lugar uma base.

Anteriormente, a mídia iraquiana comunicou que helicópteros dos EUA tinham transportado membros do grupo Daesh (proibido na Rússia) da prisão central de Al-Hasakah para sua base perto do povoado Abu Hajar, no leste da Síria.

De acordo com fontes locais, na prisão de Al-Hasakah, muito bem fortificada; estariam encarcerados cerca de 100 terroristas, a maioria de cidadania estrangeira. Especialistas sírios acham que são os mesmos militantes que foram tirados pelos Estados Unidos de Deir ez-Zor.

Em 19 de novembro, os terroristas do Daesh foram expulsos de seu último bastião em Al-Bukamal, na Síria. A libertação da cidade marcou o fim do califado autoproclamado em 2014.

Os EUA foram acusados várias vezes de fornecer vários tipos de assistência ao Daesh; e outros grupos terroristas que operam na região.

O recente caso ocorreu no final de dezembro, quando a agência de notícias SANA declarou; que os helicópteros dos EUA evacuaram os líderes do Daesh de várias áreas da província síria de Deir ez-Zor ao nordeste do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *