Exército dos Estados Unidos libertam capelão mulçumano

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 26 de novembro de 2003 as 00:29, por: CdB

O Exército dos EUA ordenou na última terça-feira a libertação de um capelão muçulmano que trabalhava com supostos terroristas na base naval de Guantánamo e que havia sido acusado de mau uso de documentos secretos.

O Comando Sul, sediado em Miami, afirmou ter apresentado quatro novas acusações contra  James Yee, entre elas a de adulteração, mas nenhuma relacionada à espionagem.

Yee fora detido por, segundo autoridades, ter informações ‘que um capelão não deveria ter’. O militar, de 34 anos, formou-se na famosa academia de West Point e depois se converteu ao islamismo.