Exército da Síria repele ataque de militantes em Idlib

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 22 de fevereiro de 2020 as 13:27, por: CdB

Posteriormente, o Ministério da Defesa turco informou que dois soldados turcos tinham sido mortos e cinco feridos em um ataque aéreo em Idlib.

Por Redação, com Sputnik – de Damasco

A Agência de Notícias Árabe Síria (SANA) divulgou um vídeo sobre como as forças sírias repeliram militantes perto da vila de Al-Nerab, no nordeste da província síria de Idlib.

Exército sírio repele ataque de militantes em Idlib
Exército sírio repele ataque de militantes em Idlib

As imagens tiradas de um drone mostram a destruição de veículos armados dos terroristas, incluindo tanques, veículos blindados de transporte e caminhonetes armadas.

No dia 20 de fevereiro, o Ministério da Defesa russo disse que militantes apoiados pela artilharia turca tinham penetrado nas posições de defesa do Exército sírio perto das povoações de Qmenas e Al-Nerab, em Idlib.

A pedido de Damasco, um jato Su-24 russo abriu fogo sobre os militantes, ajudando as tropas sírias a repelir os combatentes que avançavam.

Posteriormente, o Ministério da Defesa turco informou que dois soldados turcos tinham sido mortos e cinco feridos em um ataque aéreo em Idlib, acrescentando que mais de 50 sírios tinham sido mortos em consequência do ataque.

Negociações entre líderes russo e turco

Na sexta-feira, os presidentes da Rússia e da Turquia, Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, discutiram por telefone a situação em Idlib.

Durante a conversa, o líder russo expressou séria preocupação pelas ações agressivas na região controlada por grupos extremistas.

Ambos os chefes de Estado concordaram na reativação das consultas ministeriais bilaterais sobre Idlib para diminuir a tensão, estabelecer um cessar-fogo e neutralizar a ameaça terrorista. Como foi observado pelo Kremlin, a conversa foi realizada por iniciativa do lado turco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *