Expulsão de Trump do Twitter é definitiva, diz diretor da plataforma

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021 as 11:01, por: CdB

O diretor financeiro do Twitter, Ned Segal, disse na quarta-feira que a empresa não vai permitir que Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, volte à plataforma, mesmo que se candidate novamente.

Por Redação, com Sputnik – de Nova York

O diretor financeiro do Twitter, Ned Segal, disse na quarta-feira que a empresa não vai permitir que Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, volte à plataforma, mesmo que se candidate novamente.

Ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

A declaração foi dada durante uma entrevista do executivo à emissora norte-americana CNBC.

– Conforme nossas políticas, quando você é removido da plataforma, é removido da plataforma, seja você um comentarista, um diretor financeiro ou funcionário público atual ou anterior – afirmou.

Apoiadores do ex-presidente

Trump foi expulso do Twitter depois que um grupo de apoiadores do ex-presidente invadiu o Capitólio dos EUA, em 6 de janeiro. O episódio deixou cinco pessoas mortas e várias feridas.

– Nossas políticas são elaboradas para garantir que as pessoas não incitem a violência. (…) E se alguém o fizer, teremos que retirá-lo do serviço e nossas políticas não permitem um retorno – declarou.

Além do Twitter, o Facebook e outras redes sociais bloquearam os perfis do ex-presidente.

Na quarta-feira, integrantes do Partido Democrata que atuam como promotores de acusação no julgamento de impeachment contra Donald Trump exibiram novos vídeos e áudios que, segundo eles, ajudam a incriminar o ex-presidente dos Estados Unidos.