Facebook fecha brecha em anúncios políticos antes de eleições dos Estados Unidos

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 17 de junho de 2020 as 11:28, por: CdB

O Facebook vai sinalizar anúncios políticos compartilhados por usuários em seus próprios feeds, fechando o que, segundo críticos, é uma brecha nas medidas de transparência da empresa.

Por Redação, com Reuters – de São Francisco

O Facebook vai sinalizar anúncios políticos compartilhados por usuários em seus próprios feeds, fechando o que, segundo críticos, é uma brecha nas medidas de transparência da empresa.

O Facebook vai sinalizar anúncios políticos compartilhados por usuários em seus próprios feeds
O Facebook vai sinalizar anúncios políticos compartilhados por usuários em seus próprios feeds

A maior rede social do mundo coloca um aviso de isenção de responsabilidade que diz “publicação paga por” em anúncios políticos desde 2018, depois de enfrentar uma reação por não impedir a Rússia de usar suas plataformas para influenciar as eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos.

Mas o aviso desaparecia quando as pessoas compartilhavam os anúncios em seus próprios feeds, o que, segundo os críticos, prejudicou sua utilidade e permitiu que informações mentirosas continuassem se espalhando sem controle.

– Anteriormente, o pensamento aqui era que essas eram publicações orgânicas e, portanto, não precisavam necessariamente conter informações sobre anúncios – disse Sarah Schiff, gerente de produtos do Facebook que supervisiona a mudança.

Verificação de fatos

Depois de receber comentários sobre o sistema, disse Schiff, a empresa agora considera importante divulgar se uma publicação “em algum momento foi um anúncio”.

A empresa enfrenta críticas para fazer mais para combater a desinformação antes das eleições presidenciais de 3 de novembro, incluindo do candidato democrata Joe Biden, que na semana passada pediu ao presidente da companhia, Mark Zuckerberg, que reverta decisão de isentar anúncios políticos da verificação de fatos.

Google lança recursos de publicidade

O Google anunciou nesta quarta-feira novos recursos de publicidade para incentivar pequenas empresas a atingirem mais clientes na recuperação da pandemia de coronavírus.

O Google, a maior empresa de publicidade digital do mundo, disse que as pessoas que buscam serviços locais, como conserto de ar condicionado ou limpeza de tapetes, agora poderão reservar esses serviços diretamente pela sua plataforma.

As pequenas empresas, usando uma ferramenta da empresa que permite a criação de campanhas publicitárias, agora poderão promover seus negócios gratuitamente no Google Maps até o final de setembro, afirmou a companhia.

Essas empresas poderão colocar um marcador no Google Maps, normalmente um recurso pago, e destacar os serviços que oferecem.

Os recursos para pequenas empresas destinam-se a ajudar as pessoas a encontrar produtos e serviços localmente, disse Jerry Dischler, vice-presidente e gerente geral do Google, que supervisiona o setor de produtos publicitários da empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code