Facebook instalará centro para combater notícias falsas em Barcelona

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 8 de maio de 2018 as 15:05, por: CdB

A companhia fundada por Mark Zuckerberg se viu envolvida em um escândalo de vazamento de dados através da empresa de consultoria política Cambridge Analytica

Por Redação, com EFE e Reuters – de São Francisco:

O Facebook instalará na cidade de Barcelona, na Espanha, um centro operacional para lutar contra as notícias falsas, após fechar um acordo com a empresa Competence Call Center (CCC).

O Facebook instalará na cidade de Barcelona, na Espanha, um centro operacional para lutar contra as notícias falsas

Fontes da empresa de consultoria imobiliária Engels & Völkers confirmaram à Agência EFE; que os escritórios da CCC, na famosa Torre Glòries (obra do arquiteto Jean Nouvel); vão abrigar funcionários que trabalharão para a companhia americana.

O jornal econômico espanhol Cinco Días antecipou; que a empresa CCC replicará na capital catalã a atividade do centro de controle de conteúdos; para o Facebook que tem na Alemanha e; que em Barcelona trabalharão cerca de 500 pessoas.

A companhia fundada por Mark Zuckerberg se viu envolvida em um escândalo de vazamento de dados; através da empresa de consultoria política Cambridge Analytica; que teria influído nas eleições americanas de 2016 e no plebiscito sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

Efeito Facebook

O Facebook dobrará o tamanho de seu data center na cidade de Lulea, no norte da Suécia; elevando seus investimentos totais na região para cerca de 8,7 bilhões de coroas (US$ 987 milhões); informou a empresa nesta segunda-feira.

O campus, inaugurado em 2013, é o primeiro centro de dados do Facebook criado fora dos Estados Unidos.

A expansão o tornará um dos maiores data center do mundo, disse o Node Pole, um centro de investimentos, parcialmente controlada pela empresa Vattenfall, que busca promover investimentos em centros de dados com alta demanda de energia.

A Suécia e seus vizinhos nórdicos, com eletricidade barata e baixas temperaturas, são atraentes para os centros de dados, com grandes empresas do Vale do Silício e mineradores de criptomoedas se apressando em se mudar para lá.

O Facebook adicionará um terceiro edifício aos atuais no data center Lulea, ao qual a Vattenfall fornece eletricidade.

A expansão criará cerca de 100 novos empregos no Facebook no centro, que atualmente emprega menos de 200 pessoas.

Em 2017, a Suécia reduziu sua alíquota de impostos sobre energia elétrica para data centers em 97 por cento, para o mesmo nível de outras indústrias pesadas, como siderúrgicas e fábricas de automóveis, o que a torna atraente para novos investimentos, disse o Node Pole.

– A Suécia agora tem o menor custo de energia na União Europeia, com a menor pegada de carbono – afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *