Família de Arafat pode requerer dossiê médico do líder

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 16 de novembro de 2004 as 01:07, por: CdB

O dossiê médico de Yasser Arafat pode ser liberado caso a família do líder palestino, que morreu em Paris, concorde, disse o governo da França na segunda-feira. A afirmação foi uma resposta ao pedido de membros da administração palestina por acesso total ao relatório dos dias em que o presidente da Autoridade Nacional Palestina passou em um hospital nos arredores de Paris.

Os novos líderes palestinos fazem pressão para que a legislação francesa seja revista. Segundo ela, a esposa de Arafat, Suha, tem direito a manter em segredo o dossiê médico. 

– A lei, que se aplica a médicos militares e civis, diz que arquivos médicos deveriam ser liberados a partes legítimas se elas solicitarem- disse um porta-voz do Ministério da Defesa francês.