Milhões de famintos e 10 ricaços brasileiros

Arquivado em: Opinião, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 22 de setembro de 2020 as 10:27, por: CdB

O IBGE divulgou no último dia 17 parte da Pesquisa de Orçamentos Domiciliares que aponta que quatro em cada dez famílias brasileiras sofrem “insegurança alimentar”. Para ser mais direto, passam fome!

Por Altamiro Borges – de São Paulo

O IBGE divulgou no último dia 17 parte da Pesquisa de Orçamentos Domiciliares que aponta que quatro em cada dez famílias brasileiras sofrem “insegurança alimentar”. Para ser mais direto, passam fome! O estudo mostra ainda que os lares chefiados por mulheres e negros são os que mais sofrem.

O estudo mostra ainda que os lares chefiados por mulheres e negros são os que mais sofrem
O estudo mostra ainda que os lares chefiados por mulheres e negros são os que mais sofrem

No relato adocicado da Folha, a pesquisa revela que “quatro em cada dez famílias não têm acesso regular e permanente a quantidade e qualidade suficiente de comida. Isso significa que essa parcela da população precisa limitar o tipo ou a porção de alimentos que vão à mesa, ou até passa fome”.

A pesquisa do IBGE foi feita entre junho de 2017 e julho de 2018. “Os dados mostram que a situação piorou no período. A porcentagem de famílias com insegurança alimentar vinha diminuindo nas últimas décadas: eram 35% em 2004, 30% em 2009 e 23% em 2013… O número saltou para 37%”.

A pesquisa só confirma que o golpe contra Dilma Rousseff, apoiado pela Folha e pela cloaca burguesa, agravou a fome no Brasil. Agora, com a pandemia do coronavírus e o pandemônio de Jair Bolsonaro, a situação tende a piorar ainda mais. O número de famintos vai explodir nos próximos meses!

238 ricos acumulam R$ 1,6 trilhão

No outro extremo, os ricaços seguem felizes da vida no Brasil das injustiças. A revista Forbes divulgou a lista dos 238 maiores bilionários brasileiros. No topo, houve pouca mudança. Primeiro do ranking desde 2013, o empresário Jorge Lemann aparece agora em segundo atrás do banqueiro Joseph Safra.

Segundo a revista da cloaca burguesa planetária, a soma total das fortunas dos 238 bilionários brasileiros é de R$ 1,6 trilhão. Nomes do comércio varejista, do setor financeiro e de investimentos dominam as primeiras dez posições. Confira a lista dos 10 mais ricos do Brasil segundo a Forbes:

1- Joseph Safra – R$ 119,08 bilhões;

2- Jorge Paulo Lemann – R$ 91 bilhões;

3- Eduardo Saverin – R$ 68,12 bilhões;

4- Marcel Telles – R$ 54,08 bilhões;

5- Carlos Sicupira – R$ 42,64 bilhões;

6- Alexandre Behring – R$ 34,32 bilhões;

7- André Esteves – R$ 24,96 bilhões;

8- Luiza Trajano – R$ 24 bilhões;

9- Ilson Mateus – R$ 20 bilhões;

10- Luciano Hang (Havan) – R$ 18,72 bilhões.

 

Altamiro Borges, é jornalista.

As opiniões aqui expostas não representam necessariamente a opinião do Correio do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *