Felipe está de volta

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 3 de dezembro de 2003 as 17:56, por: CdB

Uma hora de jogo-treino contra o Bangu, debaixo de sol e temperatura beirando os 40 graus na Gávea, e Felipe sai do gramado exausto, suando muito, mas feliz da vida:

– Não senti absolutamente nada na região pubiana e posso dizer à torcida do Flamengo que estarei em campo domingo contra a Ponte Preta- diz o jogador.

O último jogo oficial de Felipe foi no dia 24 de setembro, em Campinas, quando o Flamengo perdeu de 5 a 3. De lá para cá, passados quase 70 dias, o craque ficou de fora de 12 jogos pelo Campeonato Brasileiro e um amistoso internacional contra o Racing Club, de Buenos Aires, comemorando os 108 de fundação do Flamengo e os 50 da Petrobras. No meio do caminho, o Flamengo ficou sem o técnico Oswaldo de Oliveira, substituído pelo irmão Waldemar Lemos:

– Foi o período mais triste da minha carreira, pois sofri com a lesão e com a desconfiança de muita gente. Não sei contar quantas vezes me perguntaram se eu ainda jogaria este ano pelo Flamengo. Mas agora posso dizer que estou curado, recuperado e pronto para entrar em campo contra a Ponte Preta. Não posso precisar quantos minutos jogarei, mas não importa. Estarei em campo 45 ou 60 minutos, mas com muita vontade de retribuir à torcida o que ainda não pude dar ao Flamengo este ano – discursou Felipe