Fernandinho se torna solução para desfalcada zaga do Manchester City

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 19 de setembro de 2019 as 13:45, por: CdB

O meio-campista Fernandinho tem personalidade e experiência para resolver a crise de lesões na defesa do Manchester City, disse o técnico Pep Guardiola.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Paris

O meio-campista Fernandinho tem personalidade e experiência para resolver a crise de lesões na defesa do Manchester City, disse o técnico Pep Guardiola.

Fernandinho abraça Gabriel Jesus após atacante marcar gol em vitória do Manchester City contra o Shakhtar

O brasileiro foi improvisado como zagueiro na vitória de 3 a 0 sobre o Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões, já que John Stones ficará fora durante cinco semanas por culpa de uma lesão muscular e Aymeric Laporte se recupera de uma cirurgia no joelho.

Em parceria com Nicolas Otamendi, o único zagueiro central atualmente à disposição de Guardiola, Fernandinho pareceu à vontade no papel, apesar da responsabilidade adicional de capitanear em sua primeira atuação na temporada.

– Não tive dúvida disso (que ele ficaria à vontade na defesa). É por isso que ele é tão importante para nós – afirmou Guardiola em uma coletiva de imprensa.

– Não temos muitas escolhas… ele é o único que tenho. Outros jogadores podem jogar naquela posição, mas Fernandinho é um jogador esperto, muito inteligente, um cara incrível – acrescentou.

– Ele tem muita experiência e personalidade, e o que ele diz as pessoas seguem no vestiário, então é importante.

Marcador firme, e com habilidade natural para passes, Fernandinho é o jogador ideal para se encaixar no sistema defensivo de Guardiola, e emergiu como um substituto em potencial do ex-capitão Vincent Kompany, que partiu no final da temporada passada.

Hoje com 34 anos, ele tem consciência de que uma mudança de papel pode garantir mais tempo em campo com os campeões ingleses. “Estou treinando nesta posição desde o início da temporada”, disse Fernandinho, que fez duas interceptações e acertou 90% dos passes contra o Shakhtar.

– Hoje foi minha oportunidade, espero conseguir melhorar. Foi uma noite tranquila na defesa, mas o time fez um ótimo jogo… porque jogamos como um time.

Di María

Com uma atuação clássica e dois gols, Angel Di María ajudou nesta quarta-feira o Paris Saint Germain a garantir uma vitória por 3 a 0 sobre o Real Madrid, em casa, na rodada de abertura do grupo A da Liga dos Campeões.

Na ausência do trio formado por Kylian Mbappe, Neymar e Edinson Cavani, Di María anotou dois gols ainda no primeiro tempo, com o PSG sufocando o Real, e Thomas Meunier marcou o terceiro nos acréscimos da etapa final.

O Real, de Zinedine Zidane, que eliminou o PSG nas oitavas-de-final em 2017/18 e também contou com desfalques importantes no Parque dos Príncipes, não conseguiu acertar um chute sequer no alvo e sofreu sua primeira derrota na temporada.

O PSG agora lidera a classificação da chave com três pontos, à frente de Club Brugge e Galatasaray, que empataram sem gols na quarta-feira.

Melhor goleiro do mundo

O melhor goleiro do mundo receberá o troféu “Yachine”, assim batizado em homenagem ao ex-goleiro soviético Lev Yashin, durante a cerimônia da Bola de Ouro, anunciou a revista France Football, organizadora da premiação, nesta quinta-feira.

Yashin, que jogou com a União Soviética entre 1954 e 1967, é o único goleiro que recebeu a Bola de Ouro, em 1963.

Originalmente, a Bola de Ouro era dada ao melhor jogador da Europa e escolhida por jornalistas. Hoje o prêmio é global e também recebe votos de técnicos e capitães de seleções nacionais.

A France Football disse que a lista dos 10 indicados ao prêmio de goleiro será revelada no dia 21 de outubro.

A cerimônia da Bola de Ouro acontecerá em 2 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *