Festa com troca de casais, na Barra, é interrompida ao reunir mais de 300 pessoas

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 17 de julho de 2021 as 19:09, por: CdB

O local foi interditado devido à aglomeração, falta do uso de máscaras e distanciamento social. Os participantes receberam multas que variam de R$ 500 até R$ 1,5 mil.

Por Redação – do Rio de Janeiro

Uma denúncia anônima levou a Secretaria de Ordem Pública (Seop) do Rio de Janeiro a uma aglomeração clandestina com cerca de 300 participantes, em uma festa de swing (troca de casais) na Barra da Tijuca, Zona Oeste da Cidade, na madrugada deste sábado. Houve um princípio de tumulto com a chegada das viaturas.

“As pessoas que vieram a este local querem interagir, umas com as outras, literalmente”, disse um guarda municipal presente ao local

O local foi interditado devido à aglomeração, falta do uso de máscaras e distanciamento social. Os participantes receberam multas que variam de R$ 500 até R$ 1,5 mil. Alguns dos presentes à festa chegaram a ser levados à delegacia do bairro mas, no final da tarde deste sábado, foram todos liberados.

— Não tem espaço aqui para o combate à pandemia. As pessoas que vieram a este local querem interagir, umas com as outras, literalmente, e não estão nem aí para o coronavírus. Não parecem se importar se vão viver ou morrer depois deste sábado — disse a jornalistas, durante a operação, um guarda municipal que preferiu não se identificar.

Normas sanitárias

Outra razão para a Seop interditar o local foi a permissão para o consumo de cigarros e narguilés, em ambiente fechado; além de funcionar como uma boate.

No último dia 4 de julho, a Guarda Municipal interditou outra festa, com mais de 5 mil participantes em Jacarepaguá, outro bairro da Zona Oeste do Rio. No dia 30 de junho, no Anil — região vizinha a Jacarepaguá — mais uma concentração foi interrompida quando já reunia perto de 400 pessoas

Desde o início da pandemia até agora, a Seop já aplicou mais de 14,5 mil multas por descumprimento das normas sanitárias na cidade. Um total de 5.280 desde janeiro deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code