Festival de música em Brasília trará The Pretenders, Simple Red e Alanis

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 7 de junho de 2003 as 14:13, por: CdB

A banda inglesa The Pretenders será uma das atrações do Brasília Music Festival 2003 (BMF 2003), que reunirá, nesta capital, de 25 a 27 de setembro, artistas consagrados nas décadas de 80 e 90 voltados a um público de 20 a 50 anos.

O festival é amparado pela Lei de Incentivo à Cultura e patrocinado pelo Banco do Brasil e pela empresa Paulo Octávio, mas o produtor Rafael Reisman acredita que outros patrocinadores ainda se incorporem à realização do evento.

Na compra do ingresso, que estará à venda a partir de julho, quem doar dois quilos de alimentos terá 50% de desconto. Os mantimentos serão entregues ao programa Fome Zero. A participação da banda inglesa foi confirmada por Reisman.

Também está confirmada a presença da cantora Alanis Morissette e da banda Simple Red. As atrações nacionais, confirmadas até agora, são Fernanda Abreu, Charlie Brown Júnior, Titãs e Capital Inicial.

A estrutura, que será montada no Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet, vai ocupar uma área de 250 mil metros quadrados e será iluminada por 800 mil watts de luz.

A expectativa dos produtores do BMF 2003 é arrecadar 100 mil quilos de alimentos, nos três dias de festa, para o mutirão contra a fome promovido pelo Governo Lula.

Rafael Reisman informou que os patrocinadores e produtores não vão apenas doar os alimentos arrecadados; eles já destinaram 5% do orçamento do show à construção de uma biblioteca pública na cidade satélite de Samambaia.

– Essas ações são extremamente importantes, e a intenção é mantê-las em todas as edições do festival – disse ele. O objetivo é inserir Brasília no circuito internacional da música. O Brasília Music Festival vai suprir a carência de grandes eventos na cidade.

Segundo o produtor, a capital federal tem mais de 2 milhões de habitantes e uma das maiores rendas per capita do país e, no entanto, não oferece entretenimento deste porte para a população.

A produção do Brasília Music Festival trabalha com a possibilidade de mais de 60 mil pessoas transitarem na cidade do rock, que será montada no Distrito Federal, a exemplo das edições do Rock in Rio, realizadas na década de 90.

Rafael Reisman disse que esse público, que virá de todo o país, aquecerá a economia local, injetando cerca de R$ 60 milhões no comércio e gerando cerca de 3.500 empregos diretos e 15 mil indiretos.

– Eu creio que o entretenimento seja a forma mais poderosa de movimentar recursos, principalmente numa cidade como Brasília, que não tem tradição de turismo – destacou Reisman.

Neste sentido, a realização de um evento do porte do BMF 2003 é um forte atrativo para o turismo na capital federal.

Como a pretensão é realizar o evento a cada dois anos, Reisman pretende, no intervalo entre um e outro, promover um festival de música brasileira na Califórnia, e assim, divulgar a cultura do país e trazer mais divisas com o turismo internacional.