FIA distribui pulseiras para identificação de crianças no carnaval

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 as 11:47, por: CdB

Além da distribuição das pulseiras, os técnicos da FIA reforçam com adultos a importância de serem feitos documentos de identidade para crianças e adolescentes.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

A Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), através do Programa SOS Crianças Desaparecidas, estará nos dias 20 e 21 de fevereiro, das 09 às 15 horas, com estande na Rodoviária do Rio fazendo distribuição de pulseiras para identificação de crianças.

O Programa SOS Crianças Desaparecidas, que atua há 24 anos, já localizou pelo menos 3.073 crianças e adolescentes
O Programa SOS Crianças Desaparecidas, que atua há 24 anos, já localizou pelo menos 3.073 crianças e adolescentes

A ação é uma iniciativa do Programa SOS Crianças Desaparecidas, em parceria com a Rodoviária do Rio, a Coderte (Companhia de Desenvolvimento Rodoviário e Terminais do Estado do Rio de Janeiro) e a Secretaria de Estado de Transportes, e serve para alertar e conscientizar os familiares e responsáveis sobre o desaparecimento de crianças em locais de grande concentração de pessoas como praias, shoppings e praças públicas, problema muito frequente nesta época do ano.

Atenção e cuidados

Segundo o gerente do Programa, Luiz Henrique Oliveira, nesse período de férias juntamente com o carnaval, período em que a cidade recebe muitos turistas, os responsáveis devem redobrar a atenção e os cuidados com as crianças:

– Eu aconselho os pais ou responsáveis a identificarem as crianças antes de saírem de casa. Em alguns casos, os pais se distraem transferindo a responsabilidade para as crianças de cuidarem de si mesmas, o que é errado – destacou.

Além da distribuição das pulseiras, os técnicos da FIA reforçam com adultos a importância de serem feitos documentos de identidade para crianças e adolescentes. O Programa SOS Crianças Desaparecidas, que atua há 24 anos, já localizou pelo menos 3.073 crianças e adolescentes.

A Fundação para a Infância e Adolescência (FIA-RJ) tem como missão colaborar na formulação de políticas públicas de garantia de direitos na área da infância e adolescência, bem como implementar e articular serviços e ações de proteção social, de natureza especial, no âmbito da média e alta complexidade, essencialmente voltados para crianças e adolescentes que se encontram com seus direitos violados e ou ameaçados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *