Fifa quer uso uniforme do VAR no mundo, diz chefe de arbitragem

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 9 de julho de 2020 as 13:40, por: CdB

Questões relacionadas ao VAR têm sido tratadas principalmente pela IFAB, o órgão legislador do esporte, durante a fase experimental de dois anos do sistema e sua introdução como parte das leis do futebol.

Por Redação, com Reuters – de Manchester, Inglaterra

A Fifa quer que as revisões de vídeo do VAR sejam aplicadas da mesma maneira em todas as competições, já que assume a responsabilidade direta pelo sistema.

Árbitro utiliza VAR para rever jogada em partida entre Arsenal e Leicester City
Árbitro utiliza VAR para rever jogada em partida entre Arsenal e Leicester City

Questões relacionadas ao VAR têm sido tratadas principalmente pela IFAB, o órgão legislador do esporte, durante a fase experimental de dois anos do sistema e sua introdução como parte das leis do futebol.

A Fifa, no entanto, assumiu o papel de apoiar os organizadores das competições com a implementação do VAR a partir de 1º de julho.

Copa do Mundo

Pierluigi Collina, ex-árbitro italiano da Copa do Mundo e presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa, disse à Reuters que a medida foi uma “transição natural”.

– A IFAB, como organização, tem o dever de governar as leis do futebol, incluindo o VAR, o protocolo e os regulamentos. Depois que as leis do esporte são definidas, o trabalho da IFAB termina – afirmou ele.

– É então a Fifa que lida com a orientação de árbitros em todo o mundo, apoiando todas as associações membros.

Houve algumas variações no uso do VAR em diferentes competições e ligas nacionais, mas Collina disse que deve haver uma abordagem uniforme.

– Outra responsabilidade da Fifa é ter as leis do esporte implementadas em todo o mundo da mesma maneira, não pode haver uma implementação diferente das leis em diferentes continentes ou países. Nossa responsabilidade é garantir que o futebol seja jogado da mesma maneira em todo o mundo – acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *