Flórida decreta estado de emergência após vazamento de reservatório radioativo

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 4 de abril de 2021 as 11:02, por: CdB

 

A lagoa de retenção onde o vazamento foi descoberto fica perto de uma velha mina de fosfatos, contendo pequenas quantidades de rádio e urânio, além de radônio, segundo a emissora ABC News. 

Por Redação, com Sputnik – de Nova York

O governador da Flórida, Ron DeSantis, declarou o estado de emergência no sábado, após uma lagoa de retenção contaminada com águas radioativas ameaçar ruir “a qualquer momento”.

As águas contêm ainda fosfogesso, um produto residual da fabricação de fertilizantes, que é radioativo

As autoridades da Flórida ordenaram que mais de 300 casas fossem evacuadas, bem como o fechamento de uma rodovia próximo do reservatório na área da baía de Tampa.

Os moradores que vivem próximo da região receberam um alerta de texto dizendo para deixarem suas casas imediatamente devido ao rompimento “iminente” do reservatório.

A lagoa de retenção onde o vazamento foi descoberto fica perto de uma velha mina de fosfatos, contendo pequenas quantidades de rádio e urânio, além de radônio, segundo a emissora ABC News.

As águas contêm ainda fosfogesso, um produto residual da fabricação de fertilizantes, que é radioativo.

As tentativas de estancar o vazamento com pedras e materiais fracassou, preocupando ainda mais as autoridades, que reconheceram a possibilidade de inundar a área agrícola.

Reservatório

Diversos trabalhadores estão no local para bombear o grande volume de água, em uma tentativa de diminuí-lo caso o reservatório rompa completamente, contudo, o bombeamento levaria de 10 a 12 dias.

As autoridades da Flórida afirmaram que a estrutura afetada possui 1,8 bilhão de litros de água do mar misturada com água de processamento e resíduos da antiga fábrica de fertilizantes.

Além de provocar um desastre no final da semana de Páscoa e evacuação imediata da população, o episódio também pode provocar uma catástrofe ambiental.