Flu fica na Série A

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado domingo, 14 de dezembro de 2003 as 18:34, por: CdB

Acabou o sofrimento. Com um gol do atacante Marcelo, o Fluminense venceu o Juventude por 1 x 0, neste domingo, no Maracanã, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, e está livre do rebaixamento para a Série B em 2004.

Com o resultado, o Tricolor terminou a competição na 19ª colocação, com 52 pontos. Já o a equipe gaúcha, com um ponto a mais, encerrou sua participação em 18º.

O jogo começou com o time tricolor mostrando nervosismo, contrastando com o toque de bola cadenciado do Juventude. A primeira chegada foi dos cariocas aos 11 minutos, quando Romário recebeu de Marcelo e chutou rasteiro para defesa segura de Márcio. A resposta veio aos 16 com uma cobrança de falta executada por Evandro que obrigou Kleber a rebater para o lado.

Aos 18, Alex Oliveira mandou um belo chute de fora e por pouco não acertou o ângulo direito. Após esse lance, a partida foi se arrastando e só aos 24 o time carioca conseguiu levar perigo ao gol adversário, quando Jadílson cruzou da direita, Alex Oliveira cabeceou e o camisa 1 dos gaúchos conseguiu tirar com os pés, com Thiago pegando o rebote, mas chutando fraco no meio do gol

O Flu teve uma falta a seu favor aos 38. Rodolfo cobrou da meia direita, mas a bola passou por cima. Dois minutos depois, Romário perdeu uma chance inacreditável. Júnior César arriscou de fora da área, o goleiro Márcio soltou e o Baixinho, na pequena área, tocou para fora.

Porém, aos 43, Jadílson bateu falta da esquerda para o segundo pau e Marcelo cabeceou entre Márcio e a trave esquerda para abrir o marcado.

Com a vantagem no placar, que garantia sua permanência na Série A em 2004, o Tricolor veio para a etapa complementar marcando forte e procurando explorar os contra-ataques. O primeiro ataque perigoso, porém, foi do Juventude, quando Felipe rolou para Hugo, que vinha na corrida, mandar por cima aos 15.

Aos 19 minutos, o mesmo Hugo quase empatou para os gaúchos, depois de acertar uma bomba de fora da área e obrigar o goleiro Kleber a praticar boa defesa para escanteio.

Com Romário andando em campo, o Fluminense não conseguia organizar uma jogada ofensiva. Enquanto isso, a equipe alviverde procurava chegar através dos chutes de longe. Aos 30, novamente Hugo soltou a bomba e Márcio defendeu.

Os cariocas tocavam a bola e procuravam fazer o tempo passar, o que acabou acontecendo, para delírio da torcida tricolor, que respirou aliviada com a permanência do Fluminense na Série A em 2004.

FLUMINENSE 1 x 0 JUVENTUDE

Fluminense
Kléber, Júnior César, César, Rodolfo e Jadílson; Marcão, Sidney (Marciel), Tiago e Alex Oliveira (Esquerdinha); Marcelo (Josafá) e Romário.
Técnico: Renato Gaúcho

Juventude
Márcio, Mineiro, Neto, Dante e Raone (Caibi); Evandro (Camazzola), Donizete Amorim (Felipe), Léo Inácio e Marcelo: Rafael e Hugo.
Técnico: José Luiz Plein

Data: 14/12/2003 (Domingo)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Público: 32.163 pagantes
Renda: R$ 179.840,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões amarelos: Léo Inácio e Mineiro
Gols: Marcelo, aos 43, do primeiro tempo.