FMI prevê crescimento menor para a Alemanha em 2005

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 2 de novembro de 2004 as 15:35, por: CdB

O crescimento econômico da Alemanha será inferior ao anteriormente previsto para 2004 e 2005, devido aos altos preços do petróleo e ao elevado desemprego. Estes dois fatores abatem as atividades empresarial e do consumidor, afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta terça-feira.

O FMI reduziu seu prognóstico para expansão deste ano de dois para 1,9 por cento. Para 2005, a revisão foi de 1,8% para 1,5%. As projeções anteriores foram feitas em setembro.

“As empresas continuam cautelosas sobre seus gastos e o fraco mercado de trabalho está abatendo o consumo”, informou o FMI em seu relatório sobre a economia do país.

O organismo estimou ainda que o déficit orçamentário alemão ultrapassará o teto da União Européia pelo quarto ano seguido em 2005, totalizando 3,4% do Produto Interno Bruto (PIB). Neste ano, o déficit deve alcançar 3,9%. O limite do bloco é três por cento.