Força-tarefa tenta identificar corpos dos meninos mortos no Ninho do Urubu

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 9 de fevereiro de 2019 as 16:43, por: CdB

Nesta manhã, o Flamengo informou que a finalização do reconhecimento dos corpos dependeria de exames de DNA, o que levaria ainda algumas semanas.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

Uma força-tarefa foi convocada, neste sábado, para identificar os corpos dos meninos que morreram queimados em um dormitório ilegal que o Clube de Futebol e Regatas Flamengo mantinha em seu Centro de Treinamento, na Zona Oeste do Rio, conhecido como ‘Ninho do Urubu’. Os corpos de outras seis vítimas já foram identificados.

Os meninos mortos durante incêndio no Ninho do Urubu foram homenageados neste sábado
Os meninos mortos durante incêndio no Ninho do Urubu foram homenageados neste sábado

Nesta manhã, o Flamengo informou que a finalização do reconhecimento dos corpos dependeria de exames de DNA, o que levaria ainda algumas semanas e os parentes teriam de ser convocados para fornecer material para comparação. No entanto, durante a tarde, a Polícia Civil identificou mais dois corpos através da análise da arcada dentária.

Na madrugada

Anteriormente, foi informado que o Ministério Público do Trabalho (MPT) poderia pedir um pedido de bloqueio de bens do Flamengo para garantir pagamento de indenizações para atletas sobreviventes e familiares dos mortos na tragédia do Ninho do Urubu.

O incêndio ocorreu na madrugada da sexta-feira, deixando 10 mortos e três feridos. Segundo os bombeiros, entre os feridos há uma pessoa gravemente ferida. Segundo os bombeiros, o incêndio atingiu um alojamento no território do centro onde dormiam jovens jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *