Fórmula 1: Daniel Ricciardo assina contrato com Renault

Arquivado em: Destaque do Dia, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 3 de agosto de 2018 as 13:34, por: CdB

A transferência, anunciada no momento em que a permanência do piloto de 29 anos parecia um fato consumado, deve provocar outras mudanças nos boxes

Por Redação, com Reuters – de Londres/Viena

O piloto australiano Daniel Ricciardo encerrará seu longo relacionamento com a Red Bull e iniciará um contrato de dois anos com a Renault na próxima temporada, um anúncio surpreendente que agitou a Fórmula 1 nesta sexta-feira.

Piloto australiano Daniel Ricciardo

A transferência, anunciada no momento em que a permanência do piloto de 29 anos parecia um fato consumado, deve provocar outras mudanças nos boxes.

– Provavelmente foi uma das decisões mais difíceis de tomar em minha carreira até hoje – disse Ricciardo em um comunicado da Renault. “Mas achei que era hora de encarar um novo desafio”.

– Estou ciente de que existe muito a fazer para que a Renault alcance sua meta de competir no nível mais alto, mas estou impressionado com o progresso que fizeram só em dois anos – acrescentou.

– E sei que, todas as vezes em que a Renault esteve no esporte, acabou vencendo.

O acordo lhe permitirá participar do início de uma nova era, já que até 2021 a modalidade passará por uma grande reformulação e terá novas regras para motores.

Ex-piloto de Fórmula 1 Niki Lauda

O lendário ex-piloto de Fórmula 1 austríaco Niki Lauda recebeu um transplante de pulmão com sucesso em Viena, informou o hospital que o tratou na quinta-feira.

Lauda, que ficou gravemente queimado em um acidente de F1 quase fatal em 1976 e mais tarde se tornou um empresário do setor aéreo, adoeceu recentemente. A mídia da Áustria disse que ele estava sendo tratado em um hospital, mas as reportagens não haviam mencionado um transplante.

– Por causa de um problema pulmonar grave, Niki Lauda teve que passar por um transplante de pulmão no Hospital Geral de Viena – disse o hospital em um comunicado publicado em seu site. “O transplante foi realizado com sucesso”.

Lauda, de 69 anos, é tricampeão mundial de F1, e sua rivalidade com o piloto britânico James Hunt foi tema do filme Rush – No Limite da Emoção. Recentemente ele concordou em vender o controle de sua empresa aérea Laudamotion para a Ryanair.

Lauda também é chefe de equipe e acionista da equipe Mercedes de Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *