Fortunas de candidatos tucanos crescem durante seus mandatos

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 9 de agosto de 2018 as 15:48, por: CdB

O valor dos bens declarados supera os R$ 1.069 milhão, registrado em 2014, para R$ 1,379 milhão neste exercício. Já a candidata a vice na chapa tucana, a senadora Ana Amélia (PP), viu seu patrimônio mais que dobrar em apenas quatro anos.

 

Por Redação – de São Paulo

 

A dupla de candidatos na chapa tucana não conhece o significado da palavra crise. Ao longo dos últimos quatro anos, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB-SP) registrou um aumento de 29% em seu patrimônio, segundo dados informados por ele à Justiça Eleitoral.

Alckmin e Ana Amélia fizeram suas fortunas render ao longo dos últimos quatro anos
Alckmin e Ana Amélia fizeram suas fortunas render ao longo dos últimos quatro anos

O valor dos bens declarados supera os R$ 1.069 milhão, registrado em 2014, para R$ 1,379 milhão neste exercício. Já a candidata a vice na chapa tucana, a senadora Ana Amélia (PP), viu seu patrimônio mais que dobrar em apenas quatro anos.

Na declaração entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ela informou possui bens que somam R$ 5,1 milhões, 101% maior que os R$ 2,5 milhões informados em 2014, quando perdeu a disputa pelo governo do Rio Grande do Sul.

Nem Alckmin e nem Ana Amélia informaram não possuir quantias elevadas em dinheiro vivo.

Neste ano, o TSE e a Receita Federal anunciaram que vão fiscalizar com rigor os altos valores em dinheiro como forma de tentar coibir o caixa 2 eleitoral. O patrimônio de ambos está atrelado, principalmente, a imóveis, aplicações financeiras e previdência privada.

Outros candidatos

O presidenciável Guilherme Boulos (PSL) e sua candidata a vice, Sonia Guajajara, informou à Justiça Eleitoral que não possui imóveis. Boulos informou possuir R$ 15,4 mil, equivalentes ao valor de veículos em seu nome. Sonia Guajajara informou ter R$ 11 mil aplicados em caderneta de poupança.

O deputado Cabo Daciolo (Patriota), não declarou bens ao TSE. Em 2014, quando venceu sua primeira eleição disputando uma vaga na Câmara Federal ele havia informado possui um carro avaliado em R$ 40 mil. Sua vice, Suelene Balduino (Patriota), declarou bens no valor de R$ 201 mil.

Já Vera Salgado (PSTU) informou a posse de um terreno avaliado em R$ 20 mil. Seu Vice, Hertz Dias (PSTU) declarou a posse de um apartamento avaliado em R$ 100 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *