França reforça segurança após ataques na Nova Zelândia

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 15 de março de 2019 as 12:33, por: CdB

A França abriga a maior população de minoria muçulmana da Europa Ocidental e sofreu ataques fatais de militantes islâmicos em 2015 e 2016.

Por Redação, com Reuters – de Paris

Autoridades francesas intensificaram medidas de segurança perto de locais religiosos após os ataques em duas mesquitas da Nova Zelândia que deixaram 49 mortos, disse o ministro do Interior, Christophe Castaner, nesta sexta-feira.

Policial responde a tiroteio em Linwood, na Nova Zelândia

– Patrulhas serão posicionadas perto de locais de culto – disse Castaner em sua conta oficial de Twitter.

Pelo menos um atirador matou 49 pessoas e feriu mais de 40 durante as orações desta sexta-feira em duas mesquitas de Christchurch, na Nova Zelândia, uma ação que a primeira-ministra, Jacinda Ardern, qualificou como um ataque terrorista.

Um atirador transmitiu ao vivo, pelo Facebook, imagens do ataque a uma mesquita da cidade de Christchurch imitando massacres de vídeo games depois de publicar um “manifesto” no qual criticava imigrantes.

A França abriga a maior população de minoria muçulmana da Europa Ocidental e sofreu ataques fatais de militantes islâmicos em 2015 e 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *