França vence Comitê Olímpico Russo e conquista ouro inédito no vôlei masculino

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sábado, 7 de agosto de 2021 as 11:50, por: CdB

 

Neste sábado, a França venceu o Comitê Olímpico Russo e conquistou o ouro inédito no torneio masculino de vôlei dos Jogos de Tóquio pelo placar de 3 sets a 2, parciais de 25/23, 25/17, 21/25, 21/25 e 15/12 , e pela primeira vez subiu ao lugar mais alto do pódio na edição japonesa do principal evento esportivo do planeta.

Por Redação, com agências de notícias – de Tóquio

Neste sábado, a França venceu o Comitê Olímpico Russo e conquistou o ouro inédito no torneio masculino de vôlei dos Jogos de Tóquio pelo placar de 3 sets a 2, parciais de 25/23, 25/17, 21/25, 21/25 e 15/12 , e pela primeira vez subiu ao lugar mais alto do pódio na edição japonesa do principal evento esportivo do planeta.

Ngapeth foi o grande nome do jogo e comandou a França à vitória e ao ouro inédito

O primeiro set demonstrou muita luta das duas equipes para sair na frente. Com grande equilíbrio, a França foi superior e esteve à frente no placar. Vencendo a primeira parcial por 25 a 23, a seleção francesa teve mais tranquilidade para guiar o segundo set, que terminou 25 a 17, dando uma vantagem de 2 sets a 0 e colocando o ouro muito próximo de Paris.

Contudo, tudo o que parecia controlado, de repente, virou de ponta cabeça. A falta de concentração dos franceses e o excesso de vontade dos jogadores do Comitê Olímpico Russo, mudaram o cenário da partida e levando os sets a ficarem empatados em 2 a 2.

O jogo

Após vencer em duas parciais seguidas por 25 a 21, os russos foram embalados para o Tie Break e largaram na frente, abrindo 2 a 0. Contudo, os franceses não abriram mão e foram buscar a vitória. A virada veio e, consequentemente, a vitória também. 15 a 13 na parcial, 3 sets a 2 e França campeã de vôlei em Jogos Olímpicos pela primeira vez.

O grande nome da partida foi Ngapeth que anotou incríveis 26 pontos. Além do camisa 9, Patry e Clevenot também se destacaram com 15 e 11 pontos, respectivamente. Pelo lado do Comitê Olímpico Russo, Mikhaylov (21), Kliuka (20) e Iakovlev (10) foram os que mais pontuaram.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code