Furacão recebe o Vasco em Curitiba

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 6 de dezembro de 2003 as 09:56, por: CdB

Duas situações opostas em campo. Na tarde deste sábado, às 18h, na Arena da Baixada, Atlético e Vasco se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro, com propósitos diferentes. Enquanto o Atlético busca um resultado positivo para continuar na luta por uma vaga na Sul-americana, o Vasco da Gama precisa de pelo menos um empate para não ser ameaçado de rebaixamento.

Se antes a meta da Copa Sul-americana tinha motivação para os jogadores atleticanos, agora mesmo é que o jogo será de dupla importância, depois da divulgação da tabela da Copa do Brasil, quinta-feira. O Atlético, que foi apenas sexto no Campeonato Paranaense, perdeu a vaga para Paranavaí, Londrina e, possivelmente, Prudentópolis. Isto significa que, se não for para o torneio da Conmebol, o clube ficará com um calendário restrito ao Paranaense e ao Brasileiro no próximo ano.

Já, no Vasco, o clima é de “fim de feira”. Há jogadores preocupados com a temporada 2004 e querendo saber onde vão atuar, enquanto técnico Mauro Galvão tem problemas para escalar a equipe. O meia Beto, que ficaria no banco de reservas, foi vetado pelo departamento médico e o goleiro Fábio, contundido no braço esquerdo, passou a ser dúvida.

Como Beto ficaria mesmo na reserva, o meio de campo do Vasco não foi alterado e está confirmado com Da Silva, Ygor, Rodrigo Souto e Morais. No gol, caso Fábio não possa atuar, a tendência é que Márcio defenda o gol cruzmaltino.

No Furacão, que para chegar à Sul-americana precisa vencer o Vasco e o Paysandu, o técnico Mario Sérgio aposta na mesma equipe que venceu o Guarani por 3 x 2, na rodada passada. Isto significa que utilizará o esquema 3-6-1, com Isaías de ala esquerda e apenas Alex Mineiro no ataque.

ATLÉTICO X VASCO

Data: 06/12/2003 (sábado)
Horário: 18h
Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Giovani Cezar Cansian (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)

Atlético
Diego; Rogério Corrêa, Daniel e Tiago Vieira; Alessandro, Alan Bahia, Luciano Santos, Adriano, Fabrício e Isaías; Alex Mineiro
Técnico: Mário Sergio

Vasco
Fábio (Márcio), Alex Silva, Wescley, Henrique e Victor Boleta; Da Silva, Rodrigo Souto, Ígor e Morais; Edmundo e Valdir.
Técnico: Mauro Galvão