Garçom é morto com tiros na cabeça, disparados pela polícia de Witzel

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 9 de novembro de 2019 as 14:28, por: CdB

Francisco Laércio Lima, de 26 anos, era garçom em um bar na Lapa, Centro do Rio, foi baleado por volta das 6h, quando chegava em casa.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

A comunidade de Barreira do Vasco, no Rio de Janeiro, amanheceu de luto, neste sábado. Moradores denunciaram que a polícia do governo de Wilson Witzel fez mais uma vítima inocente, com vários tiros na cabeça.

O garçom Laércio, de 26 anos, foi assassinado a tiros, quando chegava do trabalho
O garçom Laércio, de 26 anos, foi assassinado a tiros, quando chegava do trabalho

Francisco Laércio Lima, de 26 anos, era garçom em um bar na Lapa, Centro do Rio, foi baleado por volta das 6h, quando chegava em casa. As fotos e vídeos do corpo estendido no chão têm circulado nas redes sociais por comunicadores de favelas, como Rene Silva, do Voz da Comunidade.

— Laércio trabalhava num bar da Lapa, mas levou dois tiros na cabeça ao chegar do trabalho por volta de 7h da manhã na favela Barreira do Vasco, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio. Video envido por moradores da região — informou Rene.

A PM, em nota, disse que abriu um inquérito administrativo para apurar as denúncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *