Garotinho e Rosinha evitam a imprensa

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado segunda-feira, 1 de novembro de 2004 as 09:15, por: CdB

O presidente regional do PMDB, Anthony Garotinho, e a governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, deixaram Campos dos Goytacazes, no Norte do Estado, por volta de 1h30 de hoje. Eles viajaram para o Rio de avião e evitaram falar com jornalistas.

Garotinho pasosu vários dias fazendo campanha em sua terra natal, onde o seu candidato, Geraldo Pudim (PMDB), foi derrotado por Carlos Alberto Campista (PDT). Pudim obteve 45,42% dos votos, enquando o prefeito eleito recebeu 54,58%.

Ontem, Garotinho chamou de canalhas os repórteres que o procuraram para obter entrevista com ele. A governadora Rosinha Matheus teve que acalmá-lo.

O Ministério Público Eleitoral do Rio de Janeiro vai solicitar à Polícia Federal a abertura de inquérito para apurar uma possível tentativa de compra de voto pelo PMDB. O dinheiro seria usado para favorecer a candidatura de Geraldo Pudim à prefeitura de Campos, norte fluminense – um dos cinco municípios com segundo turno no estado.

A suspeita do Ministério Público decorre da apreensão de cerca de R$ 318 mil em dinheiro, no início da noite de sexta e na madrugada de sábado, na sede do PMDB do município, pelo grupo de apoio aos promotores e oficiais de justiça (GAP).