Por linhas tortas, a Globo conseguiu resolver seu problema com a Record

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 4 de maio de 2020 as 10:08, por: CdB

O Hoje, com a sua duração estendida e certamente apoiado pelo interesse que todo e qualquer informativo vem despertando, tem mantido índices de audiência muito bons.

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

Na Globo já existe a expectativa sobre o desenho da programação, pós-coronavírus, no começo da faixa da tarde.

Se voltará ao que era antes ou ficará como agora.

E isso tem toda uma razão de ser.

Maria Júlia Coutinho, a Maju, no jornal
Maria Júlia Coutinho, a Maju, no jornal “Hoje”, agora sempre na liderança do horário

O Hoje, com a sua duração estendida e certamente apoiado pelo interesse que todo e qualquer informativo vem despertando, tem mantido índices de audiência muito bons.

Tão bons que, no horário e quase todos os dias, a Globo chega a abrir distância de seis, até sete pontos em cima da Record, que durante muito tempo foi a sua pedra no sapato.

Todos se recordam que o fim do Vídeo Show, atitude que até agora não encontra unanimidade, foi determinada porque o Balanço Geral da concorrente sempre dava trabalho e alcançava a liderança.

A criação do Se Joga aconteceu por isso, mas sem ainda atingir os objetivos. Só que agora, por linhas tortas ou obra do destino, o problema se resolveu. Resta saber como ficará no futuro.

TV Tudo

Expansão

Mais de 80 milhões de telespectadores agora podem  acessar à TV Educação, da TV Cultura, que passa a ser disponibilizada pela SKY, parabólicas e em afiliadas em diversos estados, como Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Paraná e Minas Gerais.

São 10 horas diárias de produção ao vivo, com programas educativos e aulas gravadas.

A definir

Na dramaturgia da Record, assim que os trabalhos voltarem ao normal, serão duas as prioridades: concluir Amor Sem Igual e retomar as gravações de Gênesis.

Só depois entrará em discussão a sobrevivência do “segundo horário”.

Imexível

O espaço das novelas bíblicas é intocável. Nada irá se alterar quanto às suas produções.

A questão é que as perspectivas são bem sombrias quanto ao futuro da nossa economia. Antes, tudo caminhava para a realização de Topíssima – parte 2.  Agora não mais.

Programação

Pela ordem estabelecida, o MasterChef, da Band, terá a primeira edição dos profissionais reprisada a partir do dia 5 de junho.

E vai exibir a inédita entre 14 de julho e 22 de dezembro.

Repercussão

A CNN Brasil, valendo-se das facilidades que o mundo hoje dispõe, vai investir ainda mais na participação de figuras ilustres do noticiário internacional e colunistas de outros países.

As experiências realizadas apresentaram resultados muito bons.

Um assunto

Aliás, um dos temas recentemente abordados pela CNN Brasil é o que agora se conhece como pandemia das comunicações.

Acadêmicos de Harvard e colunistas de jornais norte-americanos falaram da influência negativa das redes sociais.

Final do Paulista

A Band, no domingo que vem, no espaço do Você Torceu Aqui, 14h, vai reprisar a final do campeonato paulista de 1999.

Empate 2 a 2, com embaixadinhas do Edilson e briga. Narração de Luciano do Valle, comentários de Juarez Soares e Silvio Luiz, analisando a arbitragem.

Vai daí que…

Não existe nada da Band contra Silvio Luiz, como também não existe nada do Silvio Luiz contra a Band.

Quando ele deixou a empresa, em 2008, muito por causa do “episódio das cadeiras”, o narrador saiu na bronca e batendo portas. Mas parou por aí. Nunca teve processo. Para quem não sabe, ele reclamou no ar das cadeiras quebradas do BandSports.

E assim vai

Na Globo, chegou a haver um movimento para que o É de Casa também tivesse interrompida a sua exibição durante o período da pandemia

Mas não. Até agora, pelo menos. Hoje, do entretenimento, além da Fátima, só ele. E já dá toda pinta que não vai parar.

Tem que esperar

Jô Soares, obediente, está trancado em casa desde o início do confinamento.

Coincidência, a partir do dia que iniciaria os ensaios de Gaslight:

“Uma peça genial que envolve 12 pessoas na produção. Foi tudo adiado, claro.”

De volta

Luciana Barreto, apresentadora do Visão CNN nas tardes da CNN Brasil, volta nesta segunda-feira ao ar, após se recuperar da covid-19. Ela testou positivo para a doença no dia 16 e se afastou imediatamente dos trabalhos.

Bate – Rebate

       Oficialmente a Record informa que ninguém até agora foi convidado para participar da próxima Fazenda

·       … E que diante das circunstâncias atuais, nem é possível pensar nisso por enquanto…

·       … O que também não significa que a sua equipe responsável está de braços cruzados. Isso não…

·       … Nos bastidores, sem qualquer contato, já existem alguns nomes levantados.

·       Direção do SBT deixa definido: não existe qualquer previsão para o retorno às atividades de nenhum dos seus programas…

·       … Ratinho, que era o mais entusiasmado, também acabou recuando, entendendo que ainda não é o momento propício para isso.

·       Depois de três meses no Rio, durante todo o BBB, Tiago Leifert voltou a morar em São Paulo…

·       … E agora passará a aguardar ordens sobre o próximo The Voice Brasil.

·       Nesta segunda Mateus Ribeiro estreia o DF Record, em Brasília, como editor e apresentador.

C´est fini

De volta a Portugal após o trabalho em Éramos Seis, Joana de Verona estuda, trancada, em casa uma produção para o teatro que deve estrear ainda neste semestre em alguns festivais locais.

Ela não esconde a preocupação com o avanço do coronavírus no Brasil. Nós também.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *