Gonzalo Rojas, poeta chileno, ganha o Prêmio Cervantes 2003

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 10 de dezembro de 2003 as 22:16, por: CdB

O poeta chileno Gonzalo Rojas foi premiado nesta quarta-feira com o Prêmio Miguel de Cervantes 2003, considerado o reconhecimento literário mais importante da língua espanhola. Ele receberá cerca de US$ 110 mil.

– É um dos poetas-mestre de jovens escritores e de poetas latino-americanos, hispanoamericanos, iberoamericanos. É um poeta que criou um universo próprio, que se define na linha do que poderíamos chamar de tradição da modernidade – disse a jornalistas o presidente do júri, Víctor García de la Concha.

O prêmio Cervantes foi instituído pelo Ministério da Cultura da Espanha e entregue pela primeira vez em 1976, a Jorge Guillén. O prêmio visa a distinguir a obra de um autor espanhol ou iberoamericano cuja contribuição ao patrimônio cultural hispânico tenha sido decisiva.

Entre os ganhadores do prêmio estão o colombiano Alvaro Mutis, o chileno Jorge Edwards, o cubano Guillermo Cabrera Infante, o peruano Mario Vargas Llosa e os espanhóis Francisco Umbral, José Hierro, José García Nieto, Camilo José Cela, Francisco Ayala e Miguel Delibes.