Google planeja ferramentas de privacidade e transparência em anúncios

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 8 de maio de 2019 as 12:29, por: CdB

O Google anunciou várias outras novas políticas de privacidade em sua conferência anual de desenvolvedores na terça-feira, em um momento em que o aumento da fiscalização governamental está forçando uma maior transparência no Vale do Silício.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

O Google nos próximos meses planeja introduzir novas ferramentas no Chrome para limitar como a atividade na web dos usuários é rastreada por empresas de publicidade e mostrar por que certos anúncios são mostrados para eles, divulgou a empresa na terça-feira.

O Google nos próximos meses planeja introduzir novas ferramentas no Chrome

– Nossa experiência mostra que as pessoas preferem anúncios personalizados para suas necessidades e interesses, mas apenas se esses anúncios oferecerem transparência, escolha e controle – disse Prabhakar Raghavan, vice-presidente sênior de anúncios e comércio do Google, em um dos posts do blog.

A ferramenta permitirá que os usuários do navegador Google Chrome excluam os cookies, que são arquivos de rastreamento da atividade dos usuários online, sem ter que remover também os cookies que facilitam o login em sites, segundo o Google. O executivo acrescentou que a empresa também restringirá alguns métodos que sites podem usar para contornar a nova ferramenta.

Um extensão separada, que funcionará em vários navegadores, listará as empresas envolvidas na entrega de um anúncio a um usuário, incluindo intermediários entre o anunciante e quem o publica, disse o Google.

O Google anunciou várias outras novas políticas de privacidade em sua conferência anual de desenvolvedores na terça-feira, em um momento em que o aumento da fiscalização governamental está forçando uma maior transparência no Vale do Silício.

Assistente virtual

O Google ofereceu na terça-feira uma prévia da tecnologia de voz que permite aos usuários fazer reservas de aluguel de automóveis para as próximas viagens com apenas um simples pedido à ferramenta de assistente virtual da empresa.

A função, que o Google demonstrou no site da National Car Rental, baseia-se no impulso da empresa nos últimos dois anos para integrar mais recursos alimentados por inteligência artificial em seu assistente virtual, o Google Assistant.

O Google também revelou a tecnologia de realidade aumentada que permite aos usuários visualizar renderizações de alguns resultados de busca visual, como um modelo de baleia em seu ambiente, através da câmera de seu smartphone.

As demonstrações aconteceram no Google I/O, um evento anual realizado perto da sede da empresa em Mountain View, na Califórnia, que atrai cerca de 7 mil desenvolvedores de software que criam aplicativos para o Google Assistant ou outras plataformas da empresa.

O Google nesta terça-feira planejou revelar atualizações para o seu sistema operacional móvel Android, sua maior plataforma. Também se esperava um novo modelo do smartphone Pixel, o Home smart speaker e alguns recursos de realidade aumentada para aplicativos como o Google Maps.

Com o crescimento da receita desacelerando e os custos em grande parte crescendo, alguns investidores estão ansiosos para ver se o Google pode comercializar seus mais novos empreendimentos em inteligência artificial, incluindo o assistente virtual.

A empresa está tentando se defender dos crescentes esforços regulatórios que ameaçam seu modelo de negócios. Legisladores em várias regiões, incluindo nos Estados Unidos, Reino Unido e Cingapura, estão aumentas as regras de privacidade e dados que podem limitar a forma como o Google rastreia os consumidores e distribui informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *