Governo ajuda no combate a incêndios no Pantanal

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado sábado, 25 de julho de 2020 as 13:46, por: CdB

Equipes do Ministério do Meio Ambiente e das Forças Armadas começaram a atuar neste sábado no auxílio ao combate a incêndios no Pantanal, no Estado de Mato Grosso do Sul. A iniciativa foi uma resposta a um pedido do governador, Reinaldo Azambuja.

Por Redação, com ABr – de Brasília

Equipes do Ministério do Meio Ambiente e das Forças Armadas começaram a atuar neste sábado no auxílio ao combate a incêndios no Pantanal, no Estado de Mato Grosso do Sul. A iniciativa foi uma resposta a um pedido do governador, Reinaldo Azambuja.

Aeronaves serão usadas para tentar controlar focos em áreas fechadas
Aeronaves serão usadas para tentar controlar focos em áreas fechadas

Na sexta-feira o governante declarou Estado de emergência ambiental por 180 dias em razão do alastramento dos fogos. Também foram suspensas as autorizações para queimadas controladas no Estado. Segundo o governo estadual, os maiores focos de calor são ao longo do Rio Pantanal, próximo às cidades de Corumbá e Ladário.

Reinaldo Azambuja solicitou apoio operacional nas ações de combate ao fogo, incluindo um helicóptero do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e veículos aéreos do Exército para transporte dos brigadistas.

Corpo de Bombeiros

Os representantes do governo federal se juntam às equipes locais do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar Ambiental. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

O Exército informou por meio de nota que estabeleceu um Centro de Coordenação no município de Ladário. Foram disponibilizados um helicóptero e um avião. As aeronaves contribuem tanto para despejar águas nos focos de queimada quanto para transportar brigadistas a locais mais difíceis.