Governo de SP completa 3.200 substituições de PMs

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 1 de abril de 2003 as 15:06, por: CdB

O Governo do Estado atingiu nesta terça-feira a marca de 3.200 substituições de policiais militares por agentes de escolta e vigilância penitenciária (guardas de muralha).

O número foi atingido com a troca dos PMs que faziam a vigia de presos nas penitenciárias I e II no município de Pirajuí por guardas de muralha.

O ato de nomeação dos 110 novos agentes (60 para a Penitenciária I e 50 para a II) foi realizado pelo governador Geraldo Alckmin.

Ele informou que na próxima quarta-feira será realizada a substituição na Penitenciária I da cidade de Mirandópolis. Disse ainda, que neste mês o Estado irá inaugurar o Centro de Detenção Provisória de Bauru, o que possibilitará a desativação da cadeia pública daquela cidade.

“Com isso, a Polícia Civil de Bauru ficará liberada exclusivamente para a função investigativa e judiciária”, observou.

Sobre a Lei de Execuções Penais, Alckmin disse a proposta do Governo de São Paulo para mudança na Lei deverá ser votada entre esta terça-feira e a próxima quarta-feira no Congresso Nacional. “Será uma grande contribuição para a melhoria da segurança no País.”