GPs da França e Grã-Bretanha seguem na F1, diz chefe da Minardi

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 9 de novembro de 2004 as 21:48, por: CdB

Um acordo foi assegurado para garantir que os Grande Prêmios da França e da Grã-Bretanha continuem na Fórmula 1, de acordo com o chefe da Minardi, Paul Stoddart.

– O acordo foi feito. Não há nada brecando os Grande Prêmios da França e da Grã-Bretanha a partir de agora – disse Stoddart à Reuters depois que nove das 10 equipes participaram de reunião com o chefe comercial da F1, Bernie Ecclestone, na terça-feira.

As duas tradicionais corridas foram incluídas de maneira provisória, sujeitas a concordância nos contratos, em um calendário de 19 provas, o maior de todos os tempos.

– Há um acordo comercial com Bernie para ambas as corridas, com a concordância de nove das 10 equipes – declarou Stoddart.

A reunião não teve a presença da campeã Ferrari, mas Stoddart disse que a resistência da equipe italiana em reduzir custos, plano assinado por todas as outras equipes mês passado, foi deixada de lado.

– Tudo que a Ferrari tem de fazer é aceitar a mesma quantia de dinheiro e tudo que o (presidente da FIA) Max (Mosley) tem de fazer é aceitar (as corridas extras) – acrescentou o dirigente.