Grandes cidades dos EUA terão táxis autônomos

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 21 de julho de 2021 as 16:51, por: CdB

O serviço deve ser lançado em Miami até o final do ano e em Austin no próximo. Momentaneamente, os carros levarão um motorista de segurança e os veículos serão versões híbridas do utilitário Ford Escape. Nos próximos cinco anos, as empresas querem que o serviço tenha pelo menos 1 mil robotáxis.

Por Redação, com agências internacionais – de Chicago, IL-EUA

A Ford, a startup de veículos autônomos Argo AI e a empresa de transporte urbano por aplicativo Lyft anunciaram, nesta quarta-feira, uma parceria para oferecer táxis autônomos, guiados por robôs, para clientes da Lyft nos grandes centros norte-americanos.

A adoção de veículos robotizados é uma tendência nas maiores cidades do mundo

O serviço deve ser lançado em Miami até o final do ano e em Austin no próximo. Momentaneamente, os carros levarão um motorista de segurança e os veículos serão versões híbridas do utilitário Ford Escape. Nos próximos cinco anos, as empresas querem que o serviço tenha pelo menos 1 mil robotáxis, em múltiplas cidades do país.

— Os primeiros carros realmente autônomos, sem motorista, devem ser lançados em 2023 — disse a jornalistas o executivo Jody Kelman, que coordena a equipe de veículos autônomos da Lyft.

Robotáxis

A aliança marca a primeira colaboração em grande escala nos Estados Unidos entre uma montadora de veículos, uma produtora de tecnologia de veículos autônomos e uma empresa de transporte por aplicativo. As empresas esperam obter valiosas informações sobre como tornar os robotáxis um negócio comercialmente viável, um desafio que nenhuma empresa até agora conseguiu resolver.

Como parte do acordo, a Argo AI, que é financiada por Ford e Volkswagen, vai receber dados anônimos sobre as viagens dos passageiros e eventuais incidentes de segurança. Isso permitirá à Argo otimizar sua tecnologia para evitar ruas que não sejam seguras, disse o presidente-executivo da Argo, Bryan Salesky.

Em troca, a Lyft vai receber 2,5% de participação na companhia. A Argo, que está atualmente testando veículos autônomos em várias cidades dos EUA, é avaliada em US$ 7,5 bilhões (R$ 39,3 bilhões) e planeja abrir seu capital no próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code