Grupo especializado em furto e receptação de fios de cobre é alvo da Polícia Civil

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 2 de dezembro de 2021 as 13:21, por: CdB

A operação acontece em decorrência de um inquérito de crimes contra o patrimônio investigado pela 121ª DP. Agentes do 6º Departamento de Polícia de Área (DPA – Norte Noroeste) e do 4º DPA (Região dos Lagos, Niterói e São Gonçalo) apoiam a ação.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais civis da 121ª DP (Casimiro de Abreu) deflagram, na manhã desta quinta-feira, a “Operação Cuprum” com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em furtos e receptação de fios de cobre.

Polícia Civil realiza operação para desarticular quadrilha especializada em furto e receptação de fios de cobre

A ação visa a cumprir 10 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão nos municípios de Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé e Campos dos Goytacazes.

A operação acontece em decorrência de um inquérito de crimes contra o patrimônio investigado pela 121ª DP. Agentes do 6º Departamento de Polícia de Área (DPA – Norte Noroeste) e do 4º DPA (Região dos Lagos, Niterói e São Gonçalo) apoiam a ação.

Tráfico de drogas

Policiais civis da 105ª DP (Petrópolis) realizaram, nesta quinta-feira, a operação “Remate” para cumprir 35 mandados de prisão temporária e 40 de busca e apreensão contra envolvidos em um homicídio e no tráfico de drogas que atua no bairro de São Sebastião e Siméria, em Petrópolis, na Região Serrana. Até o momento, 11 pessoas foram presas. A ação conta com apoio de policiais militares.

A operação está sendo realizada em Petrópolis e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. As investigações iniciaram em julho deste ano, após uma ação criminosa em um bar, no bairro São Sebastião, em que uma pessoa morreu e outras quatro, entre elas um policial militar, ficaram feridas. Diligências foram realizadas e os executores e mandantes do crime foram identificados. Além disso, as investigações revelaram toda a estrutura do tráfico de drogas da localidade.​

Dois traficantes foram presos em flagrante, na terça-feira, em uma ação realizada pela 24ª DP (Piedade). Os homens foram capturados quando entregariam grande quantidade da droga skunk, supermaconha, em um estacionamento de um restaurante em Bangu, na Zona Oeste.

Agentes da delegacia chegaram até a dupla após informações de inteligência que davam conta de que um dos presos, morador de Mato Grosso do Sul, era o responsável por enviar a droga da cidade de Pedro Juan Cabalero, no Paraguai, para o Rio de Janeiro. O entorpecente era negociado em comunidades cariocas dominadas por facções criminosas.

Segundo os policiais, o segundo preso era o responsável por guardar a droga na comunidade Vila Aliança. Ele já foi preso em flagrante por roubo a um caminhão de combustível e a um estabelecimento comercial, com uso de arma de fogo.

As investigações continuam para identificar e desmantelar toda a quadrilha. Os dois homens foram encaminhados para o sistema penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça.

Magé

Um homem acusado de tráfico de drogas foi preso em flagrante, na quarta-feira, por policiais civis da 65ª DP (Magé). O criminoso foi capturado no bairro Citrolândia, em Magé, na Baixada Fluminense, durante uma ação para cumprir mandados de prisão.

Os policiais chegaram à região e desconfiaram do homem, mas seguiram em direção ao alvo da operação. Ao retornar, os agentes observaram o mesmo suspeito que, ao perceber a presença da viatura, tentou fugir e deixou para trás uma quantidade de drogas e dinheiro. A equipe da 65ª DP fez buscas e prendeu o acusado.

De acordo com agentes, o criminoso já foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico em janeiro deste ano e foi solto há seis dias, no dia 25 de novembro. Após a ação, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code