Guardiola fica sem Gabriel Jesus por seis semanas e critica calendário de fim de ano

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 3 de janeiro de 2018 as 10:58, por: CdB

Gabriel Jesus sofreu uma lesão no joelho no empate sem gols com o Crystal Palace, no domingo, e passará algum tempo afastado

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, ficará sem o atacante Gabriel Jesus por até seis semanas, e alertou que o calendário intenso do período de festas de final de ano do Campeonato Inglês está ameaçando a saúde dos jogadores.

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola

Gabriel Jesus sofreu uma lesão no joelho no empate sem gols com o Crystal Palace; no domingo, e passará algum tempo afastado.

– Gabriel ficará fora por seis semanas, talvez um pouco mais, esperamos que o mais cedo possível – disse Guardiola a repórteres após a vitória de 3 a 1 sobre o Watford, em casa, na terça-feira.

Kevin De Bruyne, que resistiu a uma dividida dura no embate com o Palace, conseguiu jogar. Mas Guardiola tem uma nova preocupação com Kyle Walker; que mostrou dificuldades nas etapas finais da disputa de terça-feira e deve passar por novos exames.

Embora aceite a tradição inglesa de disputar partidas durante as festas de final de ano, Guardiola se queixou de seu time ter que jogar no domingo e na terça-feira.

– O que todos viram nas últimas semanas foi quantas lesões os jogadores tiveram. Vamos matá-los. Os chefes da federação têm que refletir. Não é normal jogar no dia 31 e dois dias depois”, disse o espanhol.

– Sei que o show tem que continuar, mas eles têm que controlá-lo. Eles não protegem os jogadores, as pessoas vêm assistir não os gerentes ou as coletivas de imprensa, mas os jogadores.

– Na Inglaterra não se protege os jogadores. Você não pode jogar a cada dois dias. A tradição é a tradição, temos que pensar nisso um pouco. Os jogadores são artistas e são a razão de estarmos aqui. Você tem que olhar a qualidade, não a quantidade.

Partidas

O ex-treinador do Barcelona e do Bayern de Munique disse que ficaria contente de ver partidas no final do ano, mas mais espaçadas.

– Não estou dizendo para mudarem o feriado de 26 de dezembro, a grande tradição… mas não é basquete ou tênis, os jogadores precisam de recuperação. Vejam quantos jogadores têm lesões musculares.

Guardiola conseguiu escalar o meia-atacante David Silva, que se ausentou de jogos recentes por motivos pessoais, mas disse que pode perder mais jogos pela mesma razão.

– Estamos contentes por ele estar de volta conosco. Não sabemos quanto tempo ele estará conosco, mas vocês viram de novo hoje como ele é um jogador essencial para nós. Ele mostrou como é importante para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *