Guerra aumentará risco de terrorismo, diz Interpol

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 1 de março de 2003 as 20:26, por: CdB

O secretário-geral da Interpol (polícia internacional), Ronald Noble, alertou todas as polícias do mundo a estarem preparadas para o perigo de ataques terroristas, possivelmente até por parte da Al Qaeda, em caso de guerra no Iraque.

“A Interpol e as forças de polícia do mundo devem preparar-se para qualquer aumento potencial dos atentados em caso de guerra. A Interpol não pode permitir-se ignorar este risco e não o ignorará”, afirmou Noble, em discurso na Universidade Tufts, de Boston, cujo texto foi divulgado por esta instituição.

O diretor ordenou à central geral da Interpol, com sede em Lyon (França), e aos seus escritórios regionais na África, Ásia e Américas que passem a um estádio superior de alerta “em imediato” se começar a guerra.

Osama bin Laden e a Al Qaeda “planejam utilizar a possibilidade de uma guerra como pretexto para mais ações terroristas”, garantiu Ronald Noble.

O risco de atentados poderá aumentar tanto nos países que apóiem a guerra, como nos que nela participem.