Hamilton reclama do calor, mas garante nova pole na Espanha

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado sábado, 15 de agosto de 2020 as 15:29, por: CdB

O hexacampeão mundial Hamilton venceu a prova no Circuit de Catalunya, nos arredores de Barcelona, nos últimos três anos e desta vez larga na frente após ser o mais rápido em todas as três fases de classificação.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona, Espanha

Líder absoluto da temporada na Fórmula 1, o piloto inglês Lewis Hamilton conquistou a 92ª pole position da carreira em uma dobradinha da Mercedes na primeira fila do grid ao lado do colega de equipe Valtteri Bottas, no Grande Prêmio da Espanha neste sábado.

Hamilton torna-se, a cada novo GP, uma nova lenda na Fórmula 1
Hamilton torna-se, a cada novo GP, uma nova lenda na Fórmula 1

O hexacampeão mundial Hamilton venceu a prova no Circuit de Catalunya, nos arredores de Barcelona, nos últimos três anos e desta vez larga na frente após ser o mais rápido em todas as três fases de classificação, em mais uma tarde quente na Espanha.

Pneus macios

Max Verstappen, da Red Bull e adversário mais próximo de Hamilton na classificação, vai largar em terceiro lugar, com o mexicano Sergio Perez em quarto com a Racing Point, em seu retorno às pistas após perder duas corridas por conta da covid-19.

— Fisicamente é difícil. É muito rápido por aqui, e nunca estivemos tão velozes, então as forças sobre nossos corpos são muito intensas — disse Hamilton.

O piloto largará pela 150ª vez na primeira fila do grid, a respeito do calor.

— A primeira volta foi decente, eu acho, o que felizmente ajudou — acrescentou o britânico, que foi 0.059 segundos mais rápido do que Bottas com os pneus macios.

Sua segunda volta foi mais lenta do que a primeira, com um minuto e 15.584 segundos.

— Eu fiquei aqui com os caras até as 22h de ontem olhando todos os detalhes, onde poderíamos melhorar, em quais áreas podemos ir melhor na corrida, porque as Red Bulls são muito rápidas — acrescentou Hamilton.

Essa foi a quarta pole dele na temporada.

Assinatura de P3

Bottas, que fez a pole na prova do ano passado quando a corrida foi disputada em maio, reconheceu que a largada será sua melhor chance para bater o companheiro de equipe que venceu três das cinco corridas até agora na temporada.

— Eu sabia que estaria perto de Lewis no grid, como sempre. Claro que é frustrante, mas ele fez um bom trabalho. E como equipe, fizemos a dobradinha — disse o finlandês.

Verstappen, que está 30 pontos atrás de Hamilton após vencer em Silverstone no último domingo, tem sido consistentemente o adversário mais próximo da dupla da Mercedes nos treinos.

— Parece que eu tenho uma assinatura de P3 (terceiro lugar no grid) — disse o piloto holandês de 22 anos, que conquistou a primeira vitória de sua carreira na F1 neste mesmo circuito em sua estreia na Red Bull em 2016.

Top 10

O canadense Lance Stroll vai largar em quinto, com o tailandês companheiro de equipe de Verstappen Alexander Albon em sexto, e a dupla Carlos Sainz e Lando Norris da McLaren em sétimo e oitavo.

Charles Leclerc, da Ferrari, se classificou em nono em mais uma tarde complicada para seu companheiro de equipe Sebastian Vettel, que não conseguiu chegar ao top 10 do grid pela segunda corrida consecutiva e irá largar em 11º.

Pierre Gasly, da AlphaTauri, completa o top 10.

Mais atrás, Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, teve sua melhor qualificação até agora este ano, em 14º.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *