Havaí declara emergência e ordena retiradas devido a inundações

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 10 de março de 2021 as 11:07, por: CdB

 

O governador do Havaí, David Ige, declarou uma emergência no Estado norte-americano depois que chuvas intensas causaram inundações, deslizamentos de terra e o temor de problemas em represas, e autoridades ordenaram a retirada de vários milhares de pessoas de comunidades ameaçadas pela elevação das águas.

Por Redação, com Reuters – de Honolulu

O governador do Havaí, David Ige, declarou uma emergência no Estado norte-americano depois que chuvas intensas causaram inundações, deslizamentos de terra e o temor de problemas em represas, e autoridades ordenaram a retirada de vários milhares de pessoas de comunidades ameaçadas pela elevação das águas.

Vídeo publicado em rede social mostra inundação em rua de Hauula, no Havaí

A medida foi tomada depois que uma represa transbordou na ilha de Maui, forçando retiradas e destruindo casas, a condição “insatisfatória” da represa já a havia condenado a uma remoção neste ano, disse o departamento de terras.

– A proclamação de emergência disponibiliza fundos estaduais gerais que podem ser usados rápida e eficientemente para ajudar aqueles impactados pelo evento climático severo – disse Ige na terça-feira.

Espera-se um clima ruim até sexta-feira, acrescentou ele, e alertas de inundação continuaram em vigor pelo segundo dia.

A declaração de emergência

A declaração de emergência cobre os condados de Hawai’i, Maui, Kalawao, O’ahu e Kaua’i, informou o escritório do governador em um comunicado, e o período de alívio de desastres vai até 8 de maio.

O Departamento de Gerenciamento de Emergência de Honolulu orientou as pessoas a deixarem Haleiwa, uma comunidade de alguns milhares de pessoas ao norte da capital estadual Honolulu.

A rede Hawaii News Now noticiou que duas pessoas foram arrastadas pelas águas na terça-feira. Uma delas, um homem de 27 anos, foi resgatada pelas autoridades, e uma busca pela outra recomeçaria nesta quarta-feira.