Holanda quer liberar tráfico de cocaína em aeroporto

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado domingo, 14 de dezembro de 2003 as 10:15, por: CdB

Traficantes de drogas que forem pegos com até 3 kg de cocaína no aeroporto Schiphol, em Amsterdã, na Holanda, não serão mais processados, segundo um projeto anunciado pelo governo holandês.

O governo pretende com isso reduzir a pressão sobre o Judiciário do país, que está atolado com o aumento no número de prisões por tráfico de drogas.

Alguns parlamentares holandeses temem que o projeto piore a imagem do país, que é considerado liberal em relação ao consumo de drogas, mas o governo diz que essa é a única solução para o problema.

Dados da polícia holandesa indicam que, em média, três pessoas são presas diariamente por tráfico de cocaína no aeroporto. A maiora delas carrega a droga no estômago.

De volta

A Holanda já libera hoje o tráfico de 1,5 kg de cocaína e envia para os países de origem com um pedido de processo os traficantes que não tenham nacionalidade holandesa.

Ainda assim, o país não consegue ter juízes e prisões suficientes para lidar com o tráfico, segundo o governo, já que a maioria dos acusados vem do Caribe holandês e tem passaporte do país.

O Ministério da Justiça da Holanda já chegou a ameaçar proibir a entrada de holandeses do Caribe, mas disse que a medida seria apenas um “último recurso”.