Homem é preso por roubar máscaras em hospital de Londres

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 8 de abril de 2020 as 13:34, por: CdB

A pandemia do covid-19 tem causado uma demanda global por máscaras, de profissionais de saúde a cidadãos comuns, o que está levando muitos países a anunciarem a falta do produto.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Paris

Um homem que foi pego roubando máscaras cirúrgicas de um hospital de Londres foi preso por três meses, disse a polícia nesta quarta-feira.

Pessoas com máscaras de proteção na ponte de Westminster, em Londres
Pessoas com máscaras de proteção na ponte de Westminster, em Londres

A pandemia do covid-19 tem causado uma demanda global por máscaras, de profissionais de saúde a cidadãos comuns, o que está levando muitos países a anunciarem a falta do produto.

A polícia disse que Lerun Hussain, de 34 anos, foi detido por seguranças do Hospital King’s College, no sul de Londres, quando tentava roubar três máscaras. Ele se declarou culpado de furto no Tribunal dos Magistrados de Croydon na terça-feira.

Inglaterra

O número de mortes em hospitais na Inglaterra devido ao novo coronavírus aumentou em 828, totalizando 6.483, informou o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido nesta quarta-feira.

O serviço de saúde apontou que 46 dos 828 pacientes, de idades entre 35 e 96 anos, não tinham comorbidades.

França

A França registrou, oficialmente, mais de 10 mil mortes por infecções em decorrência do coronavírus na terça-feira, tornando-se o quarto país a ultrapassar esse marca depois da Itália, Espanha e Estados Unidos, enquanto a taxa de crescimento das mortes avançou pelo segundo dia consecutivo.

Durante uma entrevista coletiva, Jerome Salomon, chefe da autoridade de saúde pública, disse que o número de pessoas que morreram da doença nos hospitais franceses aumentou 9% em um dia, para um total acumulado de 7.091, contra 10% na segunda-feira.

Mas ele acrescentou que, incluindo dados parciais sobre o número de pessoas que morreram em casas de repouso, o número total de mortes pela doença subiu para 10.328, ante 8.911 registrados na segunda-feira, em um aumento de 16%, contra 10% na segunda e 7% no domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *