Homens são flagrados furtando fios de rede de telefonia em Taubaté

Arquivado em: Brasil, Polícia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 7 de janeiro de 2022 as 13:50, por: CdB

 

Os investigadores diligenciavam visando ao combate dos crimes de furto, roubo e receptação de veículos automotores, quando, no município de Taubaté, flagraram homens furtando fios de rede de telefonia que eram colocados em dois veículos.

Por Redação, com ACS – de São Paulo

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos de Veículos (Deic) prenderam três pessoas quando subtraíam cabos e fios de rede subterrânea, em Taubaté, na quinta-feira.

Um representante da empresa vítima compareceu na Especializada e constatou o furto do material, avaliado em mais de R$ 100 mil

Os investigadores diligenciavam visando ao combate dos crimes de furto, roubo e receptação de veículos automotores, quando, no município de Taubaté, flagraram homens furtando fios de rede de telefonia que eram colocados em dois veículos.

Assim que avistaram a viatura policial, os criminosos empreenderam fuga, mas acabaram detidos. Nos veículos foram localizados, além de ferramentas, 900 metros de cabos furtados.

Um representante da empresa vítima compareceu na Especializada e constatou o furto do material, avaliado em mais de R$ 100 mil.

Roubo e estupro

Na terça-feira, policiais civis do 75 Distrito Policial, do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap), prenderam um homem, de 41 anos de idade, pela prática de roubo a residência, extorsão e estupro.

O crime ocorreu na manhã do dia 1º de janeiro deste ano, onde o suspeito entrou numa residência no bairro Jardim São Jorge, Zona Oeste de São Paulo, estuprou uma mulher de 58 anos de idade e manteve a sua mãe, de 83, em cárcere num outro cômodo. As vítimas ainda tiveram R$ 2 mil transferidos de sua conta bancária para a do suspeito via PIX, US$ 550 em dinheiro e um celular subtraídos pelo criminoso.

O suspeito, que foi reconhecido pelas duas mulheres, teve sua prisão temporária cumprida pelos agentes, permanecendo à disposição do Poder Judiciário na carceragem do 8º Distrito Policial, região central do município de São Paulo.

A vítima de estupro foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington para receber, através do Programa Bem-Me-Quer, tratamento especializado a quem sofre violência sexual e realizar perícia médica na unidade do Instituto Médico Legal (IML) disponível no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code