Houthis dizem interceptar drone dos EUA comandado desde a Arábia Saudita

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Oriente Médio, Últimas Notícias
Publicado domingo, 20 de junho de 2021 as 19:17, por: CdB

“Nossas forças de defesa antiaérea conseguiram abater um drone de reconhecimento estadunidense, do tipo ScanEagle, utilizando um míssil superfície-ar”, informou o canal Almasirah.

Por Redação, com Sputnik – de Sirvah, Iêmen

A guerra civil no Iêmen continua, com o grupo houthi – também conhecido como Ansar Allah – atacando regularmente seu país vizinho, a Arábia Saudita, como resposta aos ataques infligidos pela coalizão liderada pelo mesmo. O canal de televisão fundado pelo movimento houthi, Almasirah, relatou que o grupo em causa conseguiu interceptar com sucesso um drone fabricado nos EUA.

Os houtis integram uma força armada contra a Arábia Saudita, no Iêmen

“Nossas forças de defesa antiaérea conseguiram abater um drone de reconhecimento estadunidense, do tipo ScanEagle, utilizando um míssil superfície-ar”, informou o canal iemenita de TV Almasirah neste domingo, citando uma declaração feita por um representante das Forças Armadas houthis, o brigadeiro-general Yahya Sariya.

Crise humanitária

De acordo com a mídia houthi, o drone foi abatido na região de Sirvah, no norte da província de Marib, onde persistem os confrontos militares entre as milícias e as forças leais ao presidente iemenita, Abd Rabbuh Mansur Hadi.

A região tem sido atormentada por combates desde o início da guerra civil no país, em 2014. A Arábia Saudita entrou oficialmente no conflito um ano mais tarde, a pedido do próprio presidente Hadi que, por sua vez, fugiu para a capital saudita, Riad, em março do mesmo ano.

Contudo, a situação no Iêmen parece não ter sinais de que possa melhorar tão cedo, apresentando a maior crise humanitária na região do Oriente Médio, se não mesmo no mundo inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code