Humilhado por Bolsonaro, Doria volta para SP desconcertado

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sábado, 13 de outubro de 2018 as 19:01, por: CdB

Bolsonaro, por meio de porta-voz, reafirmou a posição de neutralidade em relação ao segundo turno nos Estados, inclusive em São Paulo. Desta forma, o candidato a presidente agradeceu o apoio de Doria na corrida presidencial, mas não pretende se juntar a ele na campanha.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

Candidato tucano dissidente ao governo do Estado de São Paulo, no segundo turno das eleições, o ex-prefeito paulistano João Doria protagonizou cenas de humilhação neste sábado, em uma visita que tentou fazer ao candidato neofascista à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Nada marcado

Diante um PSDB dividido, após o fraco desempenho de seu candidato, Geraldo Alckmin, no primeiro turno das eleições, Doria embarcou para o Rio, na manhã deste sábado, na tentativa de se encontrar com Bolsonaro, para uma sessão de fotos. Por meio de seus assessores, Doria disse que se encontraria com o candidato, no final desta tarde, na casa do empresário Paulo Marinho, um dos articuladores da campanha do presidenciável. Bolsonaro, no entanto, alegou que estava indisposto e não compareceu, de acordo com o presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebianno.

Dória, sem graça, voltou para São Paulo após viagem frustrada ao Rio, onde queria se encontrar com Bolsonaro
Dória, sem graça, voltou para São Paulo após viagem frustrada ao Rio, onde queria se encontrar com Bolsonaro

— Não tem nenhum encontro marcado entre os dois não. Existe uma conversa institucional no sentido de o PSL agradecer ao apoio que gentilmente está sendo oferecido pelo candidato João Doria em São Paulo a Jair Bolsonaro — afirmou Bebianno.

Nada a declarar

Bebianno também reafirmou a posição de neutralidade em relação ao segundo turno nos Estados, inclusive em São Paulo. Desta forma, o candidato a presidente agradeceu o apoio de Doria na corrida presidencial, mas não pretende se juntar a ele na campanha pelo governo de SP.

Doria voltou a São Paulo, horas depois, sem falar com a imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *