Ibrahimovic diz receber mais ofertas aos 38 anos do que uma década atrás

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 3 de janeiro de 2020 as 11:45, por: CdB

Zlatan Ibrahimovic disse nesta sexta-feira que está sendo mais procurado aos 38 anos do que há 10 anos, e reconheceu que está adaptando seu estilo de jogo à medida que envelhece.

Por Redação, com Reuters – de Milão/Londres

Zlatan Ibrahimovic disse nesta sexta-feira que está sendo mais procurado aos 38 anos do que há 10 anos, e reconheceu que está adaptando seu estilo de jogo à medida que envelhece, ao ser apresentado oficialmente pelo Milan.

Zlatan Ibrahimovic é apresentado oficialmente pelo Milan
Zlatan Ibrahimovic é apresentado oficialmente pelo Milan

Ibrahimovic voltou ao clube que deixou sete anos atrás para um período de seis meses, com a opção de prorrogá-lo, mas existem dúvidas sobre quanto impacto ele pode ter no time, que ocupa apenas a 11ª posição do Campeonato Italiano.

O Milan teve uma atuação lamentável em sua partida mais recente, levando uma surra de 5 a 0 do Atalanta, igualando sua maior derrota na liga italiana.

Milan

Ibrahimovic ajudou o Milan a conquistar seu último grande troféu, o título italiano de 2010-2011, e migrou para o Paris Saint-Germain no ano seguinte, uma mudança que nesta sexta-feira ele revelou ter acontecido contra a sua vontade.

Ele assumiu as rédeas da própria carreira desde que deixou o Los Angeles Galaxy, em novembro.

– Aos 38 anos, estou recebendo mais ofertas do que aos 28 – disse ele a repórteres. “Da última vez em que deixei o AC Milan, foi sem minha aprovação, mas a situação era o que era… o importante é que estou aqui agora”.

Ele disse que ainda tem paixão pelo futebol, mas que, com a idade, aprendeu a se adaptar.

O próximo jogo do Milan é em casa contra a Sampdoria pela liga italiana, mas não se mencionou se Ibrahimovic, que não joga desde outubro, fará sua estreia tão rápido.

Brasileiro Wesley

O atacante brasileiro Wesley, do Aston Villa, perderá o restante da temporada por ter sofrido uma lesão nos ligamentos do joelho na vitória de 2 a 1 sobre o Burnley na quarta-feira, informou o clube do Campeonato Inglês nesta sexta-feira.

Wesley, a maior contratação da história do time, se machucou em uma colisão com Ben Mee, do Burnley, e teve que ser retirado de maca.

Além dele, o goleiro Tom Heaton também saiu de campo de maneira semelhante depois de cair de mau jeito em cima do joelho após o gol de Chris Wood, e também não voltará a jogar na atual campanha.

“O clube confirma que Tom Heaton e Wesley perderão o resto da temporada devido a lesões”, informou o Villa em um comunicado. “Desde então foi confirmado que os dois jogadores sofreram danos nos ligamentos dos joelhos”.

O Villa está lutando contra o rebaixamento na atual campanha, e a vitória levou o time para o 17º lugar, um ponto acima da zona de degola. A seguir o time viaja para enfrentar o Fulham na terceira rodada da Copa da Inglaterra, no sábado.

Salah e Mané

Gols de Mohamed Salah e Sadio Mané ajudaram o Liverpool, líder do Campeonato Inglês, a recuperar sua vantagem de 13 pontos no topo da tabela com uma vitória por 2 a 0 sobre o Sheffield United, em Anfield, na quinta-feira.

Salah abriu o placar aos quatro minutos do primeiro tempo, aproveitando-se de um escorregão do defensor George Baldock, do Sheffield, enquanto Mané marcou seu gol aos 19 do segundo tempo, completando da entrada da pequena área após rebote do goleiro.

Com a vitória, o Liverpool chega a um ano de invencibilidade na Premier League.

Após 20 jogos nesta temporada, o time de Jürgen Klopp soma 58 pontos, enquanto o Sheffield United se mantém na oitava colocação, sete pontos atrás do quarto colocado Chelsea.

No jogo desta quinta-feira, o Liverpool esteve longe de apresentar seu melhor futebol, mas a enorme qualidade da equipe bastou.

O primeiro gol ocorreu após Baldock escorregar quando se preparava para cortar um lançamento longo de Virgil van Dijk, permitindo que Andy Robertson levasse a bola até a área e cruzasse para Salah, que anotou seu 10º gol na temporada.

O egípcio ainda teve um belo chute defendido pelo goleiro Dean Henderson na etapa inicial, antes de John Lundstram ter seu gol de empate corretamente anulado por impedimento.

Após o intervalo, Salah acertou uma finalização na trave, antes de servir a Mané, que marcou no rebote de Henderson e deu números finais ao confronto.